Publicidade

24 de Fevereiro de 2014 - 18:17

Por Tribuna

Compartilhar
 

A Companhia de Concessão Rodoviária Juiz de Fora-Rio (Concer), que administra o trecho entre Rio de Janeiro e Juiz de Fora da BR-040, terá incentivos tributários do Ministério dos Transportes para o projeto de construção da nova subida da Serra de Petrópolis. A concessionária teve a obra enquadrada no Regime Especial de Incentivos para o Desenvolvimento em Infraestrutura (Reidi), que suspende a exigência de PIS/Cofins, PIS-Importação e Cofins-Importação incidentes sobre a receita da venda, locação e prestação de serviços de empresas que atuam com obras de infraestrutura em rodovias, além de portos, hidrovias, aeroportos, saneamento básico, energia e irrigação. De acordo com a Agência Estado, a estimativa de investimento da concessionária no projeto é de R$ 881,829 milhões, e o impacto fiscal do benefício para o governo, R$ 39,960 milhões. A nova subida da serra terá extensão aproximada de 20 quilômetros.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você confia nas pesquisas eleitorais?