Publicidade

06 de Dezembro de 2013 - 07:00

Preço da hora parada chega a R$ 7. Estabelecimentos que não fizeram reajuste projetam alta de até 14%

Por Tribuna

Compartilhar
 
Tribuna pesquisou preços em 15 estabelecimentos
Tribuna pesquisou preços em 15 estabelecimentos

Os juiz-foranos que forem de carro ao Centro neste fim de ano devem se preparar para gastar mais. Os preços dos estacionamentos nas principais vias da cidade estão até 50% mais caros do que os praticados no mesmo período de 2012. A Tribuna esteve em 15 estabelecimentos localizados nas ruas Espírito Santo, Braz Bernardino, Santa Rita, São João Nepomuceno e avenidas Getúlio Vargas e Barão do Rio Branco e constatou também que a diferença de valores chega a até 59% de um local para o outro, sendo R$ 7 o preço mais caro cobrado pela hora parada. De acordo com gerentes e funcionários, os reajustes foram realizados ao longo do ano para acompanhar a concorrência do setor. Quem manteve os mesmos preços de 2012 pretende reajustar em até 14% nos próximos dias.

Este é o caso de um dos estabelecimentos situados na Avenida Rio Branco que cobra R$ 7 a hora e R$ 1,75 a fração de 15 minutos. A expectativa é que o preço seja alterado para R$ 8 por conta do aumento do fluxo de carros no Centro. Dados da secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) mostram que 40 mil veículos trafegam diariamente na avenida, e a estimativa é que este número aumente em até 13% este mês.

Entre os estabelecimentos que já fizeram reajuste, a alta chega a 50% em comparação com o ano passado. Dois estacionamentos da Rua Espírito Santo que cobravam R$ 4 a hora parada hoje cobram R$ 6. "É uma questão de concorrência, se um aumenta o outro também faz. Não dá para ficar com o valor defasado", explica L.C., o gerente de um dos locais, que preferiu não se identificar. Além da tendência de mercado, o aumento das despesas e do número de clientes também justificam a alta de preços, conforme explica o gerente do outro estabelecimento. "O estacionamento também tem gastos com aluguel, funcionário, entre outros. Se cobrar muito menos vira uma loucura, não dá nem para trabalhar. O número de carros aumentou muito na cidade."

De acordo com o levantamento feito pela Tribuna, a hora parada nos estacionamentos oscila entre R$ 4,40 e R$7. Já a fração de 15 minutos varia entre R$ 1,10 e R$ 1,25. Os preços mínimos são 22% superiores aos verificados em dezembro de 2012, que eram de R$ 3,60 e R$ 0,90, respectivamente. Nas ruas, os consumidores tentam contornar o aumento de preços. "Tenho revezado carona com as amigas do trabalho, pois o trânsito está ruim, e os estacionamentos, caros. Também é quase impossível conseguir uma vaga na Área Azul", diz a administradora Daiana Fernandes, 28 anos. "O estacionamento encareceu muito. Isso desestimula a vir de carro para o Centro", diz o professor Diogo Oliveira, 30 anos.

De acordo com a Settra, a cidade possui 1.604 vagas na Área Azul, com o preço de R$ 1. Em dezembro do ano passado foram vendidos 136 mil cartões para o uso do espaço, um aumento de 22% ante a novembro (112 mil). Para 2013, a expectativa é que haja um crescimento de 20%.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?