Publicidade

26 de Março de 2014 - 07:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

A indústria da Zona da Mata iniciou 2014 com queda de 8,28% do faturamento, na comparação de janeiro deste ano com o mesmo mês do ano passado. Com relação a dezembro de 2013, o setor teve retração ainda maior, de 11,82%. Os dados foram divulgados pela Federação das Indústrias do Estado de Minas Gerais (Fiemg) e apontam que a região teve o pior desempenho do estado.

De acordo com a entidade, a retração do faturamento da indústria da Zona da Mata é explicada pela redução da demanda do mercado interno. No caso do segmento de celulose, papel e produtos de papel, a queda foi de 1,73%, já no de produtos alimentícios, chegou a 0,41%, percentual que teria sido alavancado pela retração nas vendas de carne. Em contrapartida, os produtos têxteis tiveram aumento de 48,17%, resultado explicado pela Fiemg como reflexo do "retorno das férias coletivas ocorridas na maior parte das empresas em dezembro", que teriam "impulsionado as vendas para o mercado nacional em janeiro."

Em todo o estado, foi registrado 1,08 % de aumento no primeiro mês de 2014, em comparação com o de 2013.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que a Justiça agiu corretamente ao permitir, por habeas-corpus, a soltura dos ativistas presos durante a Copa?