Publicidade

03 de Abril de 2014 - 06:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

O Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG) condenou a VRG Linhas Aéreas a pagar R$ 10 mil de indenização por danos morais e materiais a um morador de Juiz de Fora. O homem e sua esposa teriam sido proibidos de embarcar em um voo com saída do Rio de Janeiro com destino a Porto Velho. As passagens seriam pagas em 18 parcelas, e a companhia alegou que os passageiros não haviam pagado a primeira, que venceria oito dias após da data do embarque. Além disso, casal não teria confirmado reserva. A assessoria da VRG Linhas Aéreas, comandada pela Gol, disse que a empresa "se manifestará apenas nos autos do processo".

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você está fazendo pesquisa de preços para controlar o orçamento?