Publicidade

11 de Fevereiro de 2014 - 07:00

Por Tribuna

Compartilhar
 
Bruno Siqueira se reuniu com lideranças empresariais no Centro Industrial
Bruno Siqueira se reuniu com lideranças empresariais no Centro Industrial

A Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) vai desenvolver projeto de gestão para o setor industrial da cidade, conforme anunciado pelo prefeito Bruno Siqueira nesta segunda-feira (10), durante encontro com lideranças empresariais no Centro Industrial. Sem fornecer detalhes, o prefeito apenas informou que os recursos empenhados serão oriundos do setor privado, e 75% já estão garantidos.

Na ocasião, Bruno ainda falou sobre o andamento de antigos projetos que devem ganhar fôlego em 2014, como é o caso da instalação da Brafer. Prometida para iniciar as operações em 2010, a companhia deve ser inaugurada este ano. Também até dezembro devem ser iniciadas as obras para a construção do Parque Tecnológico da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF). De acordo com Bruno, o processo de captação de empresas para o local continua. Nesta segunda foi realizada reunião da PJF com o reitor da UFJF, Henrique Duque, e representantes de uma companhia internacional.

Depois de um 2013 sem protocolos firmados, a expectativa é que a situação seja revertida. "Em visita à cidade no último sábado, o governador Antonio Anastasia garantiu que há empresas que já procuraram o Governo do Estado interessadas em atuar em Juiz de Fora", afirmou o prefeito. Durante o encontro, Bruno ainda respondeu questões do empresariado sobre segurança, revitalização do Centro e mobilidade urbana.

Segundo o presidente do Centro Industrial, Leomar Delgado, a reunião teve a proposta de mostrar o interesse do setor em contribuir com o desenvolvimento da cidade. "Queremos firmar essa parceria, estreitar as relações com a Prefeitura para fazer nossa cidade crescer e se desenvolver."

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?