Publicidade

11 de Junho de 2014 - 21:21

Por Tribuna

Compartilhar
 

A Mercedes-Benz e o Sindicato dos Metalúrgicos de Juiz de Fora não entraram em acordo sobre as negociações em relação à linha de produção da fábrica da cidade. Inicialmente, o acordo definitivo entre as partes seria fechado em reunião na última segunda-feira, mas o encontro foi adiado para o dia seguinte. Na terça-feira, dirigentes da empresa, em São Bernardo do Campo, e representantes da entidade não chegaram a uma conclusão e estenderam as negociações para esta quarta. Procurada pela Tribuna, a assessoria da montadora se limitou a dizer que empresa e categoria "ainda estão em negociação" e não detalhou as razões que embargam a situação. O jornal tentou contato com o sindicato, mas não obteve retorno.

As negociações entre a montadora e os trabalhadores começaram em maio. Diante da crise vivida pelo setor automotivo do país, a empresa tem adotado medidas para conter a produção nas fábricas de Juiz de Fora e São Bernardo do Campo. A maior preocupação do sindicato local seria com relação às demissões, que teriam chegado a 130 desde setembro.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você leva em consideração a escolaridade do candidato na hora de votar?