Publicidade

20 de Abril de 2014 - 06:00

Por Tribuna

Compartilhar
 
Consumidor encontrou preço mais barato no sábado
Consumidor encontrou preço mais barato no sábado

Os juiz-foranos lotaram as ruas do Centro, neste sábado (19), na corrida pelos ovos de Páscoa. Quem deixou as compras para última hora enfrentou uma maratona com estabelecimentos lotados, longas filas e dificuldades para encontrar o produto desejado. Mas para muitos consumidores, a incômodo valeu a pena, pois garantiu preços bem mais baixos do que estavam sendo praticados no mercado. Segundo supermercados de Juiz de Fora ouvidos pela Tribuna no início de abril, os ovos de chocolate chegaram às gôndolas até 20% mais caros que no ano passado.

Para o aposentado Wanderley Lourenço, 56 anos, a compra de última hora garantiu economia de 40% no preço do ovo de Páscoa. "Quando olhei no início da semana, eu pagaria R$ 29,90, hoje vou levar por R$ 17,90. Agora vou comprar um ovo de chocolate e uma caixa de bombons para o meu filho." Ele conta que sempre prefere deixar a compra para a última hora, quando os produtos estão mais baratos. A vendedora Ana Paula da Cunha, 29 anos, também garantiu bons descontos. "O valor do ovo caiu de R$ 31,90 para R$ 19,90. Vou aproveitar para levar para meus dois sobrinhos."

Já a estudante Lidiane Souza Amaral, 20 anos, pretende fazer diferente no ano que vem. A falta de tempo impediu que ela fosse às compras antes, o que atrapalhou na escolha do produto. "Quero um ovo infantil para o meu sobrinho, mas muitos estão em falta, outros quebrados", diz. Apesar de ter comprado o ovo de Páscoa da filha com antecedência, a comerciante Renata Leoneida, 32 anos, retornou neste sábado ao supermercado."Compre um ovo que vem com brinquedo, e agora ela quer outro para completar a coleção." Com o auxílio da filha e da sobrinha, de 9 e 11 anos, ela conseguiu encontrar parte dos produtos que procurava. "Com elas, as compras viram festa. Os preços estão bons, e o que não encontrarmos vamos substituindo. Vale tudo pelas crianças."

 

Expectativa

Na reta final para a Páscoa, os estabelecimentos registraram aumento de até 145% na demanda de consumidores. Em alguns estabelecimentos, a expectativa é que haja aumento de até 30% nas vendas com relação ao ano passado. A Associação Mineira de Supermercados (Amis) estima crescimento de 6% nas vendas no estado.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que alertas em cardápios e panfletos de festas sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool contribuem para reduzir o consumo de bebidas por motoristas?