Publicidade

03 de Fevereiro de 2014 - 20:19

Por Tribuna

Compartilhar
 

Com 629 registros em janeiro, a Oi foi a empresa mais reclamada neste início do ano em Juiz de Fora. Conforme balanço divulgado pelo Procon, do total de atendimentos no mês (2.777), 20% foram contra a empresa. O número total de queixas no órgão é 10% maior ante o verificado no mesmo período de 2013.

No ranking das dez mais reclamadas estão, ainda, Via Varejo S/A (Casas Bahia e Ponto Frio) com 148 registros, e a Bradesco S/A, com 108. A lista segue com Banco Itaú (96), Claro fixo e TV (88), Caixa Econômica Federal (82), Sky (77), Vivo (71), Ricardo Eletro (65) e Claro S/A (64).

Para o superintendente do Procon, Nilson Ferreira Neto, o balanço comprova que ainda há desrespeito por parte de fornecedores, especialmente prestadores de serviços de telefonia e do ramo financeiro. Entre os setores, serviços essenciais lideraram o ranking, com 810 reclamações. Em segundo lugar ficou o setor de produtos, com 743 queixas. Em terceiro, serviços financeiros, com 690.

Conforme Nilson, também em janeiro, foram realizadas 418 audiências de conciliação e enviadas 1.453 cartas de Investigação Preliminar (CIP). Já o Departamento de Práticas Infrativas (Dapi) instaurou 51 processos em Juiz de Fora.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o resultado do PIB nos dois últimos trimestres vai interferir no resultado das eleições?