Publicidade

15 de Março de 2014 - 06:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

As operadoras de telefonia móvel irão testar um sistema de bloqueio para chamadas feitas por celulares piratas como forma de garantir mais segurança aos clientes. A medida também valerá para tablets. O período de testes começa na próxima segunda-feira e segue até setembro, segundo informações divulgadas ontem pelo portal "Folha.com". Até lá, os aparelhos irão funcionar normalmente.

A partir de setembro, quando houver identificação de chamada de um celular pirata, ou original mas sem homologação no Brasil, o sistema irá bloqueá-lo automaticamente. A medida é possível pois os aparelhos saem da fábrica com número de registro chamado IMEI, que corresponde ao RG ou chassi do equipamento. O chip, que é habilitado pela operadora, também tem um código de identificação, batizado de IMSI.

Desta forma, sempre que o celular ou tablet é ligado, há transmissão dos dois números às centrais das operadoras, o que permite identificar quem está falando e em qual aparelho. O novo sistema das operadoras irá cruzar a lista de registros nacionais e estrangeiros para saber qual é autêntico.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que os resultados do programa "Olho vivo" vão inibir crimes nos locais onde estão as câmeras?