Publicidade

16 de Abril de 2014 - 06:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

A respeito da decisão do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), de fevereiro deste ano, que determina à Construtora Realty S/A Empreendimentos e Participações (PDG) o pagamento de indenização de R$ 15 mil em favor de um juiz-forano, a assessoria de comunicação da empresa informou ontem, por meio de nota, que a companhia está trabalhando para melhorar o atendimento aos seus clientes. A construtora ressaltou, ainda, que avalia todas as demandas de seus clientes individualmente, e que a companhia passou por uma reestruturação interna, o que, segundo a nota, tem "minimizado o impacto de antigos projetos dentro de sua estrutura, garantindo entregas de qualidade e o cumprimento de novos cronogramas".

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o subsídio do Governo vai alavancar a aviação regional?