Publicidade

12 de Junho de 2014 - 06:00

Recuperação da indústria é principal motivo para o bom desempenho, segundo estudo da FJP

Por Tribuna

Compartilhar
 

O Produto Interno Bruto (PIB) de Minas Gerais cresceu 0,8% no primeiro trimestre de 2014, conforme levantamento divulgado pela Fundação João Pinheiro (FJP) na última terça-feira. O índice é três vezes superior ao registrado pelo país (0,2%) no mesmo período. A recuperação da indústria é apontada como principal fator para o bom desempenho do estado. Em 2013, conforme estudo da instituição, o crescimento da economia mineira foi inferior ao nacional, sobretudo, por conta da retração vivida pelo setor.

"Os dados mostram sinais de recuperação da indústria de transformação, que cresceu 1% no primeiro trimestre de 2014, interrompendo a sequência de dois trimestres consecutivos de resultados desfavoráveis", afirma a presidente da FJP, Marilena Chaves. "A recomposição parcial em volume ocorrida nos segmentos de produção de veículos automotores e na metalurgia básica, e a expansão observada na fabricação de bebidas no estado em face aos preparativos para a Copa do Mundo 2014, também contribuíram para o resultado positivo."

Ainda de acordo com a FJP, numa análise segmentada, a recomposição do volume da produção da indústria extrativa mineral e a distribuição de energia e saneamento tiveram destaque na recuperação do setor industrial.

De janeiro a março deste ano, comércio e serviços registraram crescimento em torno de 0,4%. As atividades imobiliárias e de aluguéis e o impulso ocorrido no volume dos serviços de transportes e armazenagem contribuíram de forma mais significativa para o crescimento do PIB de Minas no período.

Revisão

Diante da divulgação dos resultados do primeiro trimestre, a FJP realizou estimativa da primeira revisão do PIB estadual de 2013. De acordo com a Fundação, a revisão sempre ocorre três meses após a divulgação do índice e incorpora fontes de dados que não estavam disponíveis por ocasião da primeira rodada de cálculo.

De posse dos novos dados, a FJP verificou aumento do índice divulgado anteriormente. Desta forma, o crescimento da economia mineira passou de 0,5% para 0,8%. Já o resultado nacional, subiu de 2,3% para 2,5%. Segundo explicações da Fundação, devido à atualização da Pesquisa Industrial Mensal de Produção Física (PIM-PF), a revisão foi realizada para os dados referentes ao quatro trimestres de 2013, procedimento que foi também adotado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) na divulgação das Contas Nacionais Trimestrais.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a retirada das pinturas de Lucio Rodrigues dos pontos de ônibus?