Publicidade

09 de Maio de 2014 - 07:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

Juiz de Fora ganhou nova ferramenta para otimizar a fiscalização da arrecadação do Imposto Sobre Serviço de Qualquer Natureza (ISSQN). Desde a última segunda-feira, a Secretaria da Fazenda (SF) da Prefeitura de Juiz de Fora (PJF) conta com o Data Mart, sistema que simplifica a análise de dados sobre a Nota Fiscal de Serviços Eletrônica e permite maior controle de emissão do documento e arrecadação do imposto. A expectativa é que com o cruzamento destas informações seja possível identificar e reduzir os casos de sonegação.

Em 2013, o município arrecadou R$ 113 milhões com ISSQN. Na avaliação do subsecretário de Receita da SF, Roland Barcelos, o Data Mart não será responsável por impacto direto no número arrecadado. "Não é possível afirmar que aumentaremos este valor, mas teremos mais controle sobre o processo de fiscalização." Ele explica que a ferramenta foi desenvolvida por funcionários da Subsecretaria da Tecnologia da Informação (SSTI) da Secretaria de Planejamento e Gestão (Seplag) e não representou custos para o município.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você já presenciou manifestações de intolerância religiosa?