Publicidade

23 de Maio de 2014 - 06:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

Os professores do estado, que iniciaram na quarta-feira movimento grevista pelo cumprimento da Lei do Piso pelo Governo estadual, fizeram ontem reunião com a presença de lideranças da categoria. A principal delas foi a coordenadora-geral do Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (Sind-UTE), Beatriz Cerqueira, que veio a Juiz de Fora discutir as pautas da categoria. Os professores querem que o Governo abra negociações quanto ao cumprimento do piso salarial da categoria e progressão na carreira. Também cobram do Governo respostas aos problemas causados pela queda da Lei 100, que alçou diversos trabalhadores temporários ao patamar de servidores públicos mas foi declarada inconstitucional pelo Supremo Tribunal Federal (STF) em março deste ano, determinando a exoneração de mais de 70 mil profissionais. Por nota, o Governo de Minas afirma continuar aberto ao diálogo com todas as entidades representativas. Afirma ainda já ter realizado três reuniões com categoria, sendo que a próxima já está agendada para o dia 27 de maio. Na avaliação da Secretaria de Estado de Educação (SEE) as principais reivindicações apresentadas pela entidade não estão de acordo com a realidade da educação mineira.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você já presenciou manifestações de intolerância religiosa?