Publicidade

24 de Abril de 2014 - 06:00

Por Tribuna

Compartilhar
 

Brasília (ABr) - Os planos de saúde terão de substituir imediatamente médicos e hospitais descredenciados por outros equivalentes, de forma a garantir que não haja interrupção no tratamento. É o que prevê o Projeto de Lei 6.964/10, aprovado ontem em caráter terminativo pela Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados. Caso não haja requerimento para votação em plenário, o projeto vai à sanção da presidente Dilma Rousseff. O projeto prevê também a continuidade da assistência médica nos casos de rompimento de contrato entre operadora e prestadores de serviço.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da liberação da maconha para uso medicinal?