Radar

Marca expressiva Um dos destaques da Kia durante o Salão do automóvel de São Paulo, o Kia Niro registrou uma marca impressionante. O crossover entrou para o Livro dos Recordes após registrar o menor consumo de combustível para um veículo híbrido nos Estados Unidos. O modelo aferiu a média equivalente a 32,5 km/l em um […]

Por Michele Meireles

22/12/2016 às 11:50hs - Atualizada 22/12/2016 às 11:51hs

Marca expressiva

Um dos destaques da Kia durante o Salão do automóvel de São Paulo, o Kia Niro registrou uma marca impressionante. O crossover entrou para o Livro dos Recordes após registrar o menor consumo de combustível para um veículo híbrido nos Estados Unidos. O modelo aferiu a média equivalente a 32,5 km/l em um trajeto de aproximadamente 6.279 quilômetros, atravessando o país de uma ponta a outra. O modelo é equipado com o motor 1.6 GDi a gasolina de 105 cv de potência, acoplado a um propulsor elétrico de 43 cv, mas não há previsão de ser comercializado no Brasil. As vendas nos Estados Unidos começam no primeiro trimestre de 2017.

Troca simples

Um mês após ser lançado no Salão do Automóvel de São Paulo, o Maserati Levante, SUV da marca italiana, foi chamado para um recall. O atendimento das 12 unidades envolvidas será feito pelo Grupo Via Itália, importador oficial no país. De acordo com a empresa, se o veículo estiver em um ambiente com temperatura abaixo de zero grau, o software do módulo de entretenimento pode entrar em modo de proteção, fazendo com que a câmara de ré deixe de funcionar. A solução é a substituição do software.

Má notícia

A Nissan recebeu uma notícia nada agradável. Os modelos March e Versa foram reavaliados pelo Latin NCAP, órgão que verifica a segurança de automóveis, e tiveram suas notas reduzidas. As quatro estrelas conquistadas pelos modelos feitos no Brasil em 2015 para adultos passaram por reavaliação com modelos produzidos no México e tiveram a nota rebaixada para três estrelas. “O Latin NCAP verificou que os carros feitos no México proporcionam uma proteção menor para o ocupante adulto em relação aos fabricados no Brasil, tendo sido testados sob o mesmo protocolo de avaliação”, alegou o órgão.

Parada favorecida

Uma medida adotada no Japão para melhorar a segurança no trânsito é, no mínimo, curiosa. Na cidade de Aichi, idosos acima de 75 anos que desistem de suas habilitações ganham desconto de 15% na compra de comida. Não há qualquer proibição para pessoas dessa faixa etária que desejam seguir dirigindo. Mas a ideia é incentivar que japoneses com reflexos prejudicados pela idade avançada protejam-se e, com isso, evitem riscos para pedestres.

O conteúdo continua após o anúncio

Filme queimado

Parece não ter fim o escândalo das fraudes nos testes de emissões dos motores diesel do Grupo Volkswagen. Agora, autoridades do governo alemão investigam se o Audi A3 equipado 2.0 TDI vendido na Europa utiliza um dispositivo para enganar avaliações e, consequentemente, polui mais que o nível permitido, de 80 mg/km. O Audi A3 TDI em questão já é o de nova geração, com motor Euro 6.

Avaliação inusitada

A Ford testa, em seu laboratório da Alemanha, uma vestimenta que reproduz os efeitos da ressaca. A intenção é mostrar como isso pode afetar o desempenho do motorista. E os resultados iniciais são alarmantes: pegar na direção na manhã seguinte pode ser tão perigoso quanto dirigir alcoolizado. Isso porque, de acordo com o estudo, mistura fadiga, tontura, latejamento na cabeça e dificuldade de concentração. Com peso de mais de 17 kg, a Roupa de Ressaca é composta por um colete especial, pesos no pulso e no tornozelo, boné, óculos e fones de ouvido.

Uber: futuro incerto

Menos de 24 horas depois de começar a utilizar carros autônomos em São Francisco, nos Estados Unidos, a Uber foi obrigada a interromper o serviço. A medida partiu de autoridades da Califórnia depois que modelos foram flagrados cometendo infrações, como ultrapassar um sinal vermelho. Além disso, o departamento responsável por veículos motorizados da Califórnia defende que a empresa precisa de uma licença especial para rodar com veículos sem motoristas em vias públicas. A frota de autônomos envolve unidades do Volvo XC90.

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia