Ateliê no container

Adaptar ambientes domésticos e comerciais dentro de containers, além de ser um ato sustentável, é uma das grandes tendências da arquitetura e do design contemporâneo. Adotando esse conceito, alunos do curso de design de interiores do Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (CES/JF) assinam um projeto de ateliê de moda em um container, […]

Por Juliana Netto

03/06/2017 às 07:00hs - Atualizada 02/06/2017 às 20:57hs

Casa-1-MARCELO-RIBEIRO
Espaço abriga área de recepção e reuniões, mesa para desenho e máquina de costura, local de provas de modelo, vitrine e expositor de tecidos e aviamentos (Foto: Marcelo Ribeiro)

Adaptar ambientes domésticos e comerciais dentro de containers, além de ser um ato sustentável, é uma das grandes tendências da arquitetura e do design contemporâneo. Adotando esse conceito, alunos do curso de design de interiores do Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora (CES/JF) assinam um projeto de ateliê de moda em um container, que pode ser visitado a partir desta segunda-feira (5), na 14° Mostra de Design de Interiores da instituição de ensino.

Dezessete estudantes do último período do curso assinam o projeto Ateliê Cortes e Recortes, que conta com área de recepção para atendimento individual e reuniões; duas mesas destinadas à prática profissional, sendo uma voltada para o corte de tecidos e desenho dos croquis e outra para abrigar a máquina de costura; uma área de provas do modelo e pequenos ajustes; vitrine; expositor de tecidos e aviamentos.

As cores escolhidas permeiam uma paleta bem romântica, com tons pastéis que misturam o rosa e o verde. Tons neutros como preto, branco e cinza também aparecem no espaço. “Foi um processo bastante enriquecedor, pois todos nós tivemos como colocar em prática a execução de um projeto em proporções reais. Vimos de perto aquilo que pode e o que não pode ser executado, pensar em um plano B quando necessário e correr contra o tempo”, avalia Elizabeth Hargreaves, uma das alunas responsáveis pelo projeto.

casa-marcelo
Galeria Sérgio Rodrigues, no CES, exibe outros trabalhos de alunos de design, como maquetes de ambientes, de cadeiras, croquis, perspectivas, desenhos técnicos e artísticos (Foto: Marcelo Ribeiro)

O espaço, conforme explica a professora e organizadora da mostra, Gabriella Inham, abriga uma série de atividades que o estilista pode executar em seu dia a dia, desde receber seu cliente até realizar a última prova do modelo. “Os alunos conseguiram criar um ambiente intimista, ideal para uma designer de moda recém-formada, é completo e próximo da realidade”, destaca. Os estudantes passaram por muitas etapas, desde a elaboração do perfil do cliente e do seu estilo até a escolha de materiais para criar o ambiente, fizeram planilhas de custo e de materiais necessários.

O conteúdo continua após o anúncio

Reciclagem é realidade

Outro ponto interessante, segundo a professora Gabriella Inham, é a busca por materiais de baixo custo, o que ajuda a exercitar a criatividade e ampliar o leque de possibilidades, além da reutilização de itens. “Na prática, isso também é muito comum. Há projetos em que o profissional acaba reaproveitando peças que o cliente possui, dando uma nova aplicação e roupagem.” Para o ateliê, os alunos utilizaram sisal, cabo de aço, rolo de papelão, espelho, vidro, aço carbono e esmalte sintético acetinado. Além do mobiliário, foram incluídos luminárias, uma máquina de costura antiga e um manequim, para reforçar o visual.

O container ficará instalado no estacionamento em frente ao Bloco 2 do Campus Arnaldo Janssen, no Bairro Estrela Sul, e os visitantes poderão conferir cada detalhe do ateliê. A mostra continua na Galeria Sérgio Rodrigues, no mesmo bloco, onde trabalhos de alunos de todos os períodos do curso de design de interiores ficarão expostos, incluindo registros de todo o processo criativo do evento e peças elaboradas em outras etapas do curso, como maquetes de ambientes, de cadeiras, croquis, perspectivas, desenhos técnicos e artísticos. Aberta à comunidade, a mostra também funciona como vitrine para esses futuros profissionais e é uma forma de fazer network.

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia