Publicidade

25 de Abril de 2014 - 07:00

Após eliminação na Copa do Brasil, Carijó mira estreia na Terceirona

Por Wallace Mattos

Compartilhar
 

Na reapresentação do Tupi após a eliminação da Copa do Brasil com derrota por 3 a 0 para o Fluminense na última quarta-feira, no Estádio Municipal, a ordem era olhar para a frente. Todos no Alvinegro agora mudam o foco totalmente para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro, no qual estreia no próximo domingo (27), às 16h, contra o Macaé, no Estádio Municipal. Tanto atletas quanto comissão técnica consideram que a diferença de qualidade entre o Tricolor e o Carijó pesou neste meio de semana e sabem que a principal competição para os juiz-foranos nesta temporada é a Terceirona.

O técnico Léo Condé, que vai poder contar com o goleiro Rodrigo e o meia Dieguinho, que não enfrentaram o Flu por não terem seus nomes publicados no Boletim Informativo Diário (BID) até a última terça-feira, quer que seus atletas esqueçam a eliminação e pensem somente no adversário da Terceirona. "Agora é esquecer a Copa do Brasil. Passou. É focar na Série C. É o principal objetivo, o motivo de eu ter vindo para cá. Será uma competição muito equilibrada, na qual as equipes, de um modo geral, se equivalem. Então, domingo já temos esse duelo com o Macaé, no qual vamos poder contar com os jogadores que ficaram de fora do confronto com o Fluminense. Vamos colocar o que temos de melhor e tentar estrear bem", deseja.

Capitão do time, o zagueiro Fabrício Soares destaca que a segunda competição nacional da temporada para o Carijó tem embates mais equilibrados, diferente do confronto da última quarta-feira. "Sem dúvida veremos um jogo diferente no domingo. Vamos estar disputando com uma equipe do mesmo nível. O Fluminense sabemos que é um patamar acima, equipe de Série A, disputando sempre a Libertadores. A partir de agora vamos nos confrontar com times do nosso patamar. O Léo vem nos passando já detalhes que quer acertar e, como há jogadores inteligentes aqui, estou certo de que estaremos prontos e bem para essa estreia na Série C", prevê o zagueiro.

 

Correções

Mesmo querendo esquecer o jogo contra o Fluminense, o capitão alvinegro alerta para o que deve ser melhorado já para o domingo. "Nosso encaixe na hora de girar, ou seja, nos movimentos quando a jogada era invertida, estava um pouco lento. O Léo já tinha nos falado isso, que o pessoal da frente do Fluminense se movimentava muito rapidamente e, se demorássemos a encurtar, íamos ter dificuldades. Foi o que aconteceu. Vamos trabalhar em cima disso e corrigir para a estreia na Série C", confia Fabrício.

Para realizar os ajustes e utilizar os novos contratados Rodrigo e Dieguinho, Léo Condé terá pouco tempo de trabalho. Sua equipe treina hoje à tarde no Estádio Municipal, na única atividade tática para o primeiro confronto na Terceirona. No sábado pela manhã, uma atividade leve está prevista para Santa Terezinha e, logo após o almoço, os atletas iniciam a concentração para encarar o Macaé.

Nesta quinta-feira, o clube comunicou que a negociação com o meia Michel se encerrou sem acordo com o jogador. Seu provável destino é o ABC de Natal, que disputa a Série B do Brasileirão.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Governo federal deve refinanciar as dívidas dos clubes de futebol?