Publicidade

15 de Janeiro de 2014 - 16:20

Por Tribuna

Compartilhar
 
Auxiliar atuou na final do útimo Mundial de Clubes
Auxiliar atuou na final do útimo Mundial de Clubes

Atualizada às 21h31

Juiz de Fora tentou ser uma base de treinamentos de alguma delegação esportiva para a Copa do Mundo, mas o representante da cidade no maior torneio de futebol do planeta estará no campo de jogo, na linha lateral. Nascido em Valença, no Estado do Rio de Janeiro, e morador de Juiz de Fora, o árbitro auxiliar Marcelo Carvalho Van Gasse é o representante local na Copa do Mundo de 2014. "O sonho de todo profissional do futebol é ir a uma Copa. Estou muito feliz e tenho que agradecer a todos que me ajudaram nesse processo, principalmente a minha mulher, Eliane, e aos meus filhos, João Pedro e Pedro Henrique, que são a minha maior motivação", destacou o bandeira. 

O anúncio foi confirmado na manhã desta quarta-feira (15) pela Fifa. Ao seu lado, o juiz-forano por adoção, que atua pela Federação Paulista de Futebol (FPF), terá o árbitro Sandro Meira Ricci, mineiro que apita pelo Distrito Federal, e Emerson Augusto de Carvalho, também da FPF. O mesmo trio trabalhou na final do Mundial de Clubes, última competição organizada pela Fifa, entre Bayern de Munique e Raja Casablanca, no fim do ano passado, no Marrocos.

Inicialmente, Van Gasse estava colocado como reserva do trio titular formado por Sandro Meira Ricci e os assistentes Alessandro Rocha Mattos (da Bahia) e Emerson Augusto de Carvalho (São Paulo). "Foi uma opção da Fifa (a mudança), já que ninguém teve problema físico. Participei dos dois últimos mundiais (bandeirou também no Mundial Sub-17, no Emirados Árabes, antes do Mundial no Marrocos), e acredito que isso ajudou a dar visibilidade ao meu trabalho. Não sei explicar a razão. Só que sei que hoje (ontem) recebi o e-mail da Fifa me dando os parabéns e informando que eu estou convocado", explicou o bandeira, que está em São Paulo fazendo a pré-temporada dos árbitros da FPF. 

 

Ano perfeito

Há 14 anos atuando como profissional do apito, em 2013 Van Gasse viveu seu auge. Apitou a final do Campeonato Paulista, a Recopa Sul-Americana, o segundo jogo da final da Copa do Brasil, a semifinal (Nigéria x Suécia) do Mundial Sub-17, além de trabalhar na final do Mundial de Clubes. "Só faltava a Copa do Mundo. Agora, não falta mais."

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?