Publicidade

10 de Maio de 2014 - 07:00

Por Tribuna

Compartilhar
 
Time volta a jogar na sede campestre do Sesi, onde derrotou o Nova Lima na fase de classificação
Time volta a jogar na sede campestre do Sesi, onde derrotou o Nova Lima na fase de classificação

Tentando conseguir o melhor resultado da história da equipe no Campeonato Mineiro, o Juiz de Fora Rugby Clube (JF Rugby) entra em campo neste sábado (10) para disputar as quartas de final do Estadual, em jogo único. A partida contra o Taurus Rugby, de Uberaba, com início marcado para 16h, no campo da sede campestre do Sesi, com entrada franca, pode não só marcar o time esportivamente, mas também confirmar a evolução do esporte na cidade de forma definitiva. Por isso, os jogadores locais estarão em campo lutando não só pela classificação, mas para dar um passo a mais em busca do tão sonhado reconhecimento e maior apoio para sua modalidade na Princesa de Minas.

Segundo o oitavo Luiz Fernando "Caxambu" Cunha, jogador e um dos responsáveis pelo JF Rugby, a vitória esta tarde pode representar para o clube juiz-forano mais do que seu melhor resultado em todos os tempos no Mineiro. "Estamos muito motivados e focados para fazermos história. Caso consigamos vencer, já estaremos pelo menos na quarta colocação do Estadual, e nosso melhor resultado foi um quinto lugar. Hoje, contamos com apoio da Prefeitura, temos uma ótima parceria com o Sesi também, treinamos no Montesinas, mas acreditamos que esse ano de 2014 representa uma guinada em nosso esporte e, se conseguirmos avançar às semifinais, consolidamos a cidade como polo do rugby e esperamos abrir mais portas", deseja.

Cientes da importância da partida de logo mais, os atletas do JF Rugby tiveram uma preparação especial para o confronto com o Taurus. Mas nada de táticas mirabolantes em campo. O principal foco foi a preparação da mente para o embate. "O nosso trabalho de campo já foi feito durante a temporada. Sempre fomos uma equipe respeitada pela força, mas esse ano conseguimos uma variação, estamos rápidos também, sem perder nossa principal característica. Por isso, nessa última semana, focamos mais na parte psicológica do grupo para podermos conquistar essa importante vitória", projeta Caxambu.

Um dos fatores que pode definir o confronto é o fato de os juiz-foranos estarem jogando em casa. Para os jogadores do JF Rugby, saber levar vantagem de tudo que cerca isso deve pesar a favor da equipe local. "Jogamos sempre no Sesi, onde esse ano já vencemos o Nova Lima. As dimensões do campo nos favorecem, fizemos um treino de reconhecimento lá essa semana. Então, estamos realmente em casa", acredita Luiz Fernando.

Mesmo que perca o jogo deste sábado, o JF Rugby não encerra sua participação no Mineiro. Nesse caso, os locais não avançam na disputa pelo título, mas têm ainda a possibilidade de conquistarem o quinto lugar, se superarem outros três adversários também derrotados nas quartas de final.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da adoção de medidas, como tarifas diferenciadas e descontos, para estimular a redução do consumo de água?