Publicidade

05 de Julho de 2014 - 17:02

Por Tribuna

Compartilhar
 

O Tupi faz hoje seu terceiro teste do período de intertemporada durante a parada da Série C do Campeonato Brasileiro para a disputa da Copa do Mundo. Depois de golear o sub-20 do Siderúrgica, de Sabará, em Juiz de Fora, e vencer também o Flamengo, por 4 a 2, no Rio de Janeiro, o Carijó enfrenta o Tombense, no Estádio Soares de Azevedo, em Muriaé, às 16h deste domingo (6). A partida terá ingressos vendidos a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia) e faz parte da preparação do clube de Tombos para a Série D do Nacional.

Segundo o técnico do Tupi, Léo Condé, a intenção é ver mais evolução em sua equipe que vem respondendo bem nos testes até agora e deixar os principais jogadores o maior tempo possível em campo. "Evoluímos principalmente no quesito posse de bola em relação aos primeiros jogos da Série C. Contra o Siderúrgica era natural que tivéssemos esse domínio, mas conseguimos igualar esse aspecto com o Flamengo, um time de Série A, e fiquei satisfeito. Agora, o que quero é melhorar a saída com bolas longas, porque os contra-ataques com passes curtos já estão saindo bem. Vou buscar fazer alguns testes, mas já pretendo dar ritmo de jogo ao time que jogará na reestreia da Série C", planeja o treinador, citando a volta do Carijó à Terceirona no dia 19 de julho, contra o São Caetano, no ABC Paulista.

Pelos treinamentos da semana, o time que inicia e permanecerá a maior parte do tempo em campo hoje em Muriaé terá Rodrigo, Marcelinho, Wesley Ladeira, Fabrício Soares e Raphael Toledo; Genalvo, Gustavo, Henrique, Ewerton Maradona e Chico; Oliveira. Para os jogadores, o teste de hoje é um pouco mais semelhante ao que o clube juiz-forano vai encontrar na volta da Série C, como destaca o meia Ewerton Maradona. "Será uma partida um pouco mais parecida com um jogo oficial, contra um time que vem em ritmo forte de treinos, com público. Nossa intenção é continuar evoluindo como fizemos nos trabalhos da semana. São esses amistosos que vão nos dar a base para voltarmos bem e conseguirmos um bom resultado diante do São Caetano no dia 19 de julho", acredita o camisa 10 do Alvinegro de Santa Terezinha.

No ABC

Enquanto o Tupi segue ritmo intenso de preparação para a volta da Série C, o próximo adversário do Carijó na competição nacional está em crise. Na última sexta-feira, o São Caetano cancelou a participação em um amistoso contra o São Bernardo que aconteceria ontem, e seus jogadores estão há quatro dias em greve por conta de vencimentos atrasados. Os problemas no Azulão são de duas naturezas. Os atletas que já estão no clube desde o início da temporada têm três meses de direito de imagem e um mês de salário atrasados, enquanto os contratados para a Terceirona não receberam dois meses de direito de imagem e estão com o salário atrasado em 15 dias. Os jogadores dizem que só voltam aos treinos após a diretoria acertar os pagamentos dos débitos. Já os diretores do clube paulista afirmam estarem trabalhando para solucionar a questão e esperam que, amanhã, os trabalhos voltem a se normalizar no Anacleto Campanella.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você já presenciou manifestações de intolerância religiosa?