Publicidade

21 de Maio de 2014 - 07:00

Por Wallace Mattos

Compartilhar
 
Wesley Ladeira vai rever antigos companheiros e amigos deixadas no interior de São Paulo
Wesley Ladeira vai rever antigos companheiros e amigos deixadas no interior de São Paulo

Na briga para chegar à liderança do grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro, o Tupi tem um desafio fora de casa no próximo domingo (25). Mas nem todos os jogadores do Carijó se sentirão totalmente em terreno hostil quando enfrentarem o Mogi Mirim, às 16h, no interior de São Paulo. Defensor do Sapão durante toda a temporada de 2013, o zagueiro Wesley Ladeira reencontra a equipe paulista, de onde se transferiu para o gaúcho Esportivo e, logo depois, retornou ao Carijó.

Para o jogador do Tupi, a partida contra o Mogi não será apenas mais uma na Terceirona. Segundo Wesley, além de rever antigos companheiros e amizades deixadas no interior de São Paulo, o confronto também servirá para mostrar que os mogimirianos erraram ao deixá-lo ir embora ao fim de seu primeiro contrato com o clube. "É um jogo diferente para mim. Tive uma passagem muito feliz por lá, fiz grande amigos. Mas agora estou do lado de cá e tenho que defender as cores do Tupi. Vou dar o meu máximo para mostrar meu valor, porque quando meu contrato acabou com eles não fui tão valorizado. Dessa maneira, o confronto é especial sim", admite Ladeira.

O zagueiro carijó sabe bem o que a equipe de Juiz de Fora terá pela frente em Mogi. O defensor lembra que o embate é uma luta pela liderança do grupo B, além de ser importante da busca dos juiz-foranos por se garantirem no grupo dos quatro melhores times da chave antes da paralisação para a disputa da Copa do Mundo. "O Mogi Mirim é uma equipe muito forte dentro de casa, mas se não conseguirem o resultado no primeiro tempo, a torcida começa a pegar no pé. Nós temos que ir com paciência e nos mantermos calmos. Dessa maneira teremos chance de conseguir um resultado positivo. Vai ser um briga pela liderança e temos que aproveitar a oportunidade. Vamos em busca da vitória, mas um empate também não é mal. Queremos é somar pontos para terminarmos essas série de jogos antes da parada para a Copa dentro do G4."

Com um atleta que tem experiência quando se trata de Mogi Mirim em seu elenco, o técnico do Tupi, Léo Condé, pretende usar as informações de Ladeira, embora não considere a situação preponderante para determinar uma vitória alvinegra fora de casa no próximo domingo. "Isso ajuda. Claro que não é determinante, mas no futebol você vai juntando um série de ações que faz com que se vença a partida. O Ladeira vai nos passar algumas informações sim, mudou muito o elenco da época que ele estava lá, mas detalhes como dimensões de campo, postura do clube quando joga em casa, do torcedor. Tudo isso ajuda."

Segundo o treinador do Alvinegro de Santa Terezinha, o início de Série C que vem fazendo mostra que o Mogi Mirim deve ser um adversário muito duro. Mas ele quer que seus comandados voltem do interior paulista somando pontos. "Será mais um jogo difícil, principalmente por ser fora de casa e contra um adversário que vem fazendo uma campanha muito boa. São três vitórias e um empate, está invicto. Então vamos procurar observar o time deles com mais atenção nesses dias, e vamos para lá como saímos contra o Juventude, para fazer uma partida equilibrada, claro, tomando cuidado maior para não cometer o erro que cometemos em Caxias. Tentaremos trazer pontos de Mogi", pretende Condé.

 

De volta

Condé deve ter um reforço para o sistema defensivo na partida do próximo domingo. Depois de ser vetado e não participar da vitória por 2 a 1 sobre o Caxias, o zagueiro Marcelinho, recuperado de uma microlesão no músculo adutor da coxa direita, já iniciou o processo de recondicionamento físico com o preparador Luís Augusto Alvim e a tendência é que esteja à disposição do comandante carijó para enfrentar o Mogi Mirim. Nesta terça-feira, o defensor alvinegro fez trabalhos físicos acompanhado de perto pelo integrante da comissão técnica e, logo após, deu os primeiros chutes na bola depois de ter se lesionado.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você aprovou a seleção convocada por Dunga?