Publicidade

29 de Janeiro de 2014 - 07:00

Na lanterna da tabela e ameaçada de rebaixamento, UFJF vai a Belo Horizonte enfrentar o Vivo/Minas

Por Tribuna

Compartilhar
 

Após a pausa de uma semana sem jogos na disputa da Superliga Masculina de Vôlei, a equipe da Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF) volta a quadra na noite desta quarta-feira (29). O compromisso contra o Vivo/Minas, na Arena Vivo, em Belo Horizonte, a partir das 19h, foi adiado da primeira rodada do segundo turno da competição nacional e começa a sequência de sete jogos que os juiz-foranos ainda têm a cumprir no torneio, buscando fugir da queda para a Superliga B. Com 8 pontos ganhos até agora, o lanterna da classificação encara os belorizontinos - que estão em quinto lugar, com 28 pontos - precisando vencer ou pelo menos pontuar para facilitar a fuga da degola.

Para bater uma das mais tradicionais equipes do vôlei nacional, os juiz-foranos vão ter que superar problemas que têm assolado o grupo da UFJF durante toda a temporada 2013/2014. Sofrendo com as contusões desde o início da disputa - o central Lucão, o oposto Daniel, o ponteiro Hugo e os levantadores Gelinski e Rivoli já estiveram entregues ao departamento médico do time e perderam jogos por conta de lesões -, a Federal mais uma vez terá desfalques. O ponteiro Reffatti, com dores no joelho esquerdo, e o líbero Thales, que operou o cóccix, ficarão de fora da partida de hoje.

Durante a semana sem jogos, o técnico juiz-forano, Carlos Augusto "Chiquita" Oliveira, procurou recuperar seus atletas para a sequência dos próximos quatro dias - além do Minas, nesta quarta, a UFJF encara o Funvic/Taubaté no próximo sábado, às 18h, em Juiz de Fora -, mas lamenta a sequência de ausências de seus atletas. "Essa tem sido uma temporada de muitas contusões. Eu não consigo manter uma formação", disse o treinador.

Insatisfeito com o desempenho de seus opostos, De Paula e Daniel, Chiquita testou armações diferentes durante os últimos trabalhos para o confronto com o Minas. Como terá a volta do central Lucão, recuperado de uma fratura por estresse na canela direita, o treinador deve deslocar um dos líderes do elenco, o central Jardel, para atuar como oposto. O desempenho do jogador nos treinos que realizou durante os últimos dias agradou o comandante da UFJF, que já havia visto o atleta jogar na posição. "Estamos tentando criar uma nova estrutura para melhorar nosso ataque, em busca de uma vitória inédita", pretende.

Ingressos

Enquanto o time local está em Belo Horizonte para o jogo contra o Minas, nesta terça-feira começou a venda de ingressos para o compromisso do próximo sábado, contra o Funvic/Taubaté, às 18h, na Arena UFJF, no Campus. Antecipadamente, as entradas custam R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia para estudantes, crianças até 12 anos e idosos) nos postos de venda tradicionais: restaurante Salsa Parrilla e cantina da Faculdade de Educação Física, ambos na UFJF; Victory Suites (Rua Oswaldo Aranha 20, São Mateus) e AFA Bikes (Rua Santo Antônio 1440, Centro). Na porta do ginásio, os ingressos serão vendidos por R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia).

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você está fazendo pesquisa de preços para controlar o orçamento?