Publicidade

05 de Fevereiro de 2014 - 07:00

Tupi encara a URT no Zama Maciel de olho na liderança do Campeonato Mineiro

Por WALLACE MATTOS

Compartilhar
 
Raphael Toledo substitui  o suspenso meia Sidnei
Raphael Toledo substitui o suspenso meia Sidnei

Distante 650km de seu terreiro, o Tupi cumpre hoje o segundo compromisso da maratona de três partidas em apenas oito dias, marcada por duas viagens entre elas, pelo Campeonato Mineiro. Depois de conseguir a primeira vitória no Estadual em casa no último sábado, por 3 a 1, sobre o Minas, agora o clube juiz-forano busca o primeiro triunfo fora de seu domínios e, como é o atual vice-líder da competição, pode até terminar a rodada na ponta da classificação. O adversário da vez é a União Recreativa dos Trabalhadores (URT), às 20h, no Estádio Zama Maciel, em Patos de Minas. A sequência de jogos será encerrados no próximo sábado, quando o Carijó recebe o Atlético-MG, no Estádio Municipal, às 17h. A torcida juiz-forana pode acompanhar o embate desta noite pelos 1010 AM da Rádio Solar.

Por conta da longa viagem, o grupo do Tupi teve programação especial nos últimos dias, com a comissão técnica tomando todas as precauções para que os atletas não sintam logo mais o desgaste do trecho de estrada percorrido. O time está em Patos de Minas desde a última segunda-feira à noite para descansar e treinou ontem no centro de treinamentos do arquirrival da URT, o Mamoré. O técnico do Carijó, Wilson Gottardo, aproveitou para acertar detalhes e resolver quem será o substituto do meia Sidnei, suspenso.

A princípio, o meia Raphael Toledo será o titular do meio de campo ao lado dos volantes Felipe Lima e Maguinho, além do meia Miguel. Mas Gottardo não descartou uma mudança de última hora. Assim, o experiente meia Fábio Tenório e até mesmo o volante Genalvo entram na briga por um lugar na equipe principal. A decisão do treinador só vai acontecer momentos antes de a bola rolar no Zama Maciel. "Naturalmente, o substituto do Sidnei tem sido o Toledo, mas estamos observando também como virá a URT para podermos tomar uma decisão", disse o técnico alvinegro.


Ademilson deve ter nova chance hoje

A indefinição sobre quem atuará na vaga deixada por Sidnei abre até mesmo a possibilidade de o Tupi atuar com três atacantes, já que o artilheiro carijó na última temporada e ídolo da torcida local, Ademilson, entrou no jogo do último sábado, fez dois gols e colocou fogo na disputa pela titularidade no ataque alvinegro. Por enquanto, a dupla é formada por Da Silva e Núbio Flávio. Segundo Gottardo, a questão física é o que ainda mantém o experiente jogador de 39 anos no banco, mas isso pode mudar em breve. "O torcedor pede o Ademilson em campo pois sabe de sua qualidade e sua estrela, lembra do Ademilson fisicamente inteiro e artilheiro. Respeito isso e também toda sua destacada trajetória no clube. Mas acompanho o dia a dia e sei que ele tem um fator limitador que é a questão física. Por esse motivo não está jogando desde o início. Mas quero sempre que ele se considere titular e lute para melhorar e entrar. No momento em que pensar o contrário, não serve para mim", explicou o treinador.

Ademilson admite que não está nas condições ideais para jogar nesse início de Mineiro, mas não esconde a vontade de voltar a iniciar uma partida com a camisa 9 do Carijó. "Não vou dizer que estou 100%, estou uns 70% ou 80%. Sinto uma pancada no tendão do joelho direito que incomoda. Mas, comigo, se não ser da forma tranquila, vai na raça mesmo. Quero jogar e poder ajudar o Tupi com meus gols sempre. O Gottardo tem conversado muito comigo e, se precisar, estou pronto para ir a campo", garante o jogador.

Se ainda não definiu o substituto de Sidnei, Gottardo contará com a volta de seu lateral-direito titular. Depois de ter sido expulso na estreia do time no Estadual, no empate de 1 a 1 com o América-MG, Henrique está novamente à disposição do treinador. Com isso Magnum, que atuou na vitória sobre o Minas, volta a ser opção no banco de reservas.

A URT

De volta à elite após sete anos na Segundona do Mineiro, a URT não começou bem 2014. Encarando logo na estreia o campeão brasileiro, Cruzeiro, no Mineirão, a equipe de Patos de Minas não fez feio e acabou derrotada pelo placar mínimo, o que deu esperanças à torcida patense. Mas, no último domingo, a derrota de virada, em casa, com goleada por 4 a 1 para o Boa Esporte, acendeu o alerta no Zama Maciel e empurrou o time para a lanterna da competição. Para complicar, rumores de que o técnico Luiz Eduardo estava se transferindo para o Araxá agitaram os dias que antecederam o confronto de hoje no Alvianil. Em campo, o zagueiro Marcelo Silva, expulso na derrota do fim de semana, será desfalque, sendo substituído por Elias.

URT x Tupi

Estádio Zama Maciel - 20h

URT: Giulliano, Iran, Pablo, Elias e Marcel; Marzagão, Erick, Tiago Matos e Uallisson; Michel e Paulão. Técnico: Luiz Eduardo

Tupi: Jordan, Henrique, Helder, Fabrício Soares e Elivélton; Felipe Lima, Maguinho, Raphael Toledo (Fábio Tenório) e Miguel; Da Silva (Ademilson) e Núbio Flávio. Técnico: Wilson Gottardo

Árbitro: Cleisson Veloso Pereira

Galeria de Imagens

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da proibição de rodeios em JF, conforme prevê projeto em tramitação na Câmara?