Publicidade

12 de Julho de 2014 - 06:00

Por JÚLIANA DUARTE /EDITORA

Compartilhar
 

Ainda somos, sim, o país do futebol. Neste 2014 já não ostentamos o título pelo balé em nossos campos, seja pela Seleção ou em nossos campeonatos. Não temos grandes craques ou times que mereçam destaque mundial. Selecionar 23 atletas para nos representar é missão quase impossível, não por excesso, mas falta de opções de qualidade. Tivemos desempenho abaixo da média até a semifinal, quando tomamos uma sapatada e demos verdadeiro vexame.

Apesar de todos os pesares, não tenho notícia de nenhum outro lugar deste ou de outro planeta em que uma bola de meia, caixa de sapato, saco de papel embolado ou o que apareça pela frente possa se tornar uma bola de futebol. Quem, além de nós, tem, a cada esquina, um campo - de grama, de terra, e até de asfalto - povoado por peladeiros dia e noite? Onde mais meninos de 3 anos recitam a escalação de seus clubes e seleção?

Temos vivido dias tristes no futebol - e não só pelos 7 a 1 da última terça-feira, mas pela decadência dos últimos anos. A alegria nas pernas que o Felipão diz ter o Bernard há muito falta nos nossos jogadores. Alegria essa escancarada nesta Copa pelo alemães, logo eles tão famosos pela frieza e sisudez. Foram eles que dançaram, sorriram, tiraram fotos e conquistaram a população de Santa Cruz Cabrália. Foram seus torcedores que interagiram e cativaram os brasileiros nas ruas e estádios do país. E foi o futebol deles o único que encantou nesta Copa. Segundo os próprios alemães, a inspiração foi justamente a nossa maneira de jogar. Foi nosso exemplo que os fez renascer após a crise do início dos anos 2000.

Queria eu que nós tivéssemos a humildade alemã e nos espelhássemos neles para voltar a brigar de igual para igual. Mas hoje não tenho essa alegria. A fé de Felipão de que tudo foi feito como deveria e que a lavada da semifinal foi uma fatalidade só me entristece. Enquanto isso, o que me resta é sorrir com a Alemanha.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você aprovou a seleção convocada por Dunga?