Publicidade

10 de Maio de 2014 - 07:00

Carijó busca primeira vitória no Campeonato Brasileiro da Série C

Por Wallace Mattos

Compartilhar
 
Marcelo Ribeiro
Marcelo Ribeiro

Com um time bastante modificado em relação ao que foi derrotado por 1 a 0 para o Juventude, no dia 4 de maio, em Caxias do Sul, o Tupi busca neste sábado (10) sua primeira vitória no Campeonato Brasileiro da Série C, em compromisso válido pela terceira rodada do grupo B. Querendo dar mais peso à equipe com jogadores experientes, o técnico alvinegro, Léo Condé, vai promover entradas no time titular diante do Guaratinguetá, às 16h, no Estádio Municipal Radialista Mário Helênio, incluindo atletas recém-contratados.

Segundo o treinador, a equipe não vinha rendendo da maneira que se esperava, e as mudanças, utilizando tanto jogadores que já estavam no elenco como os que chegaram recentemente, serão necessárias para buscar a primeira vitória na competição nacional. "Em futebol, quando as coisas estão fluindo bem, a tendência é você modificar pouco, mas a partir do momento que elas não vão do jeito que você espera, tem que buscar soluções. Então fomos atrás delas dentro do grupo que aqui já estavam e procuramos contratações também. Queremos fortalecer o time para conseguir essa primeira vitória", pretende Condé.

Na defesa, a entrada de Marcelinho na lateral-direita deve empurrar Henrique mais para a frente. Do outro lado, Bruno Barros ficou de fora da maioria dos treinos da semana, voltando a trabalhar somente nesta sexta-feira. Assim, o meia Raphael Toledo deve reassumir o posto na lateral-esquerda, posição que ocupou durante o Campeonato Mineiro.

Procurando melhorar a saída da equipe para o ataque, Condé vai escalar uma nova dupla de volantes nas vagas ocupadas por Felipe Lima e Maguinho nas duas primeiras partidas da Série C. "Os passes realmente foram um dos fundamentos que mais erramos contra o Juventude. Defendemos bem, marcamos em cima, mas nossa transição de defesa para o ataque não estava funcionando. Em cima disso buscamos o Genalvo, dentro do elenco, um jogador que tem uma boa saída de bola; e o Gustavo, que chegou para reforçar o time, ainda não tinha condição de atuar e faz essa transição com velocidade. Assim, esperamos que eles executem o que foi trabalhado durante essa semana", deseja.

 

Possibilidades

Na armação é que reside a maior dúvida do treinador. Depois de desembarcar em Santa Terezinha na última semana para ser o comandante do setor de armação do Carijó, o meia Ewerton Maradona sentiu o ritmo de treinos mais intensos e foi poupado do trabalho desta sexta pela manhã. Assim, não há a certeza de que ele estará na equipe titular, abrindo espaço para a permanência de Dieguinho entre os titulares ou até mesmo a manutenção do volante Maguinho no meio de campo.

Certa mesmo é a entrada do atacante Maranhão na vaga de Núbio Flávio. Segundo Condé, o reserva mereceu a chance que terá neste sábado. "Nos três jogos que esteve á disposição, o Maranhão entrou e criou boas chances, mesmo em pouco tempo. Infelizmente não conseguiu o gol, mas isso acontece. Agora, chegou o momento de colocar ele para jogar, está em uma condição física dentro daquilo que a gente esperava. Recompõe, chega bem na frente e esperamos que possa produzir o que fez durante a semana nos treinamentos."

No Guaratinguetá, que firmou parceria e disputa a Série C com a base do Osaco Audax - equipe sensação do Campeonato Paulista -, o único desfalque é o zagueiro João Paulo, expulso no empate em 2 a 2 com o Caxias, no último fim de semana, na estreia dos paulistas diante de sua torcida. Para em seu lugar, o técnico da Garça, Fernando Diniz, deve optar por Eduardo.

 

Promoção

Com um dia de antecedência, o Tupi vai celebrar o Dia das Mães com atividades durante a realização do confronto deste sábado e uma promoção. As mães que comparecerem à bilheteria 3 do Estádio Municipal, do lado esquerdo da entrada principal do Mário Helênio, com a camisa do Carijó, recebem um ingresso de cortesia para assistir à partida deste sábado. Os bilhetes custam R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia) e serão vendidos até o meio-dia no posto da Liga de Futebol de Juiz de Fora, no Calçadão da Rua Halfeld, e na sede social do clube, na Rua Calil Ahouagi, 332, no Centro.

As bilheterias do Estádio Municipal serão abertas a partir das 14h. Já os quatro ônibus extras da linha 517/Estádio, disponibilizados pela Secretaria de Transporte e Trânsito (Settra) para o jogo começam a circular às 13h, saindo da Avenida Presidente Itamar Franco, em frente ao Procon. Para o retorno dos torcedores ao Centro da cidade, o último ônibus está agendado para deixar o entorno do Mário Helênio às 18h40.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que a realização de blitze seria a solução para fazer cumprir a lei que proíbe jogar lixo nas ruas?