Publicidade

20 de Maio de 2014 - 07:00

Técnico do Tupi comemora virada sobre o Caxias e mira jogo contra o Mogi Mirim

Por Tribuna

Compartilhar
 

Iniciando a semana de treinamentos para a partida contra o Mogi Mirim, pela quinta rodada do grupo B da Série C do Campeonato Brasileiro, o elenco do Tupi se reapresentou nesta segunda-feira (19). O dia foi de treino leve para quem jogou na vitória sobre o Caxias, por 2 a 1, no último sábado, em Juiz de Fora, e o clima era de felicidade no grupo carijó por conta da segunda vitória consecutiva na Terceirona.

Contente em poder marcar o gol da virada e da vitória do Tupi, o lateral-esquerdo Bruno Barros, que deixou o banco de reservas para dar o toque com o pé direito que colocou a bola na rede do Caxias, disse que a vitória teve mesmo a cara do clube local. "Depois do jogo a gente para e pensa. Nosso time estava melhor, levamos o gol e conseguimos essa virada da forma que foi. Foi emocionante. O Léo (Condé, técnico do Carijó) sempre passa isso para a gente, que o Tupi é isso aí. Quando cheguei também deu para perceber isso. Então é gostoso virar o jogo desta maneira, mostrando que estamos aqui para encarnar esse espírito de raça, luta e entrega até o fim mesmo", garante.

O técnico do Tupi, Léo Condé, também destacou que a vitória do último sábado teve características peculiares de outros triunfos do clube dentro de seus domínios. Mas espera que seus comandados possam, no futuro, vencer sem tanta emoção. "São coisas que acabam acontecendo só com o Tupi mesmo. A gente que já trabalha aqui faz tempo vivenciou algumas situações como essa de sábado. Me lembro de um jogo com o Macaé, em 2009, na Série D, que estávamos perdendo por 2 a 0 e viramos para 3 a 2 no segundo tempo. Contra o Fluminense de Feira de Santana, também pela Série D, mas de 2010, perdia por 2 a 1 e, em 15 minutos, fez 4 a 2. Mas é claro que a gente não quer que seja sempre assim. Apesar da competição ser equilibrada, vamos procurar trabalhar para conquistar os resultados positivos de uma forma mais tranquila", pretende o treinador.

 

Cabeça boa

Segundo o comandante alvinegro, a busca da vitória no último sábado mostrou que seu grupo é forte mentalmente. "Essa vitória mostrou o poder de reação grande que a equipe tem. Um equilíbrio. Os jogadores não se abateram. Por vezes, você toma um gol daqueles quando está melhor no jogo, acaba acusando o golpe e nem consegue reagir, levando o segundo. Ali não, os jogadores não baixaram a cabeça, se reergueram, buscaram o empate, a virada e ainda tivemos o lance do pênalti (cometido pelo goleiro Douglas em cima do atacante Núbio Flávio aos 44 minutos do segundo tempo e não marcado pelo árbitro Roberto Giovanny Silva), além de outras boas chances. Isso nos dá um alento de que é um grupo forte emocionalmente", avalia o Condé.

Agora a cabeça dos jogadores e da comissão técnica se volta para o Mogi Mirim, adversário do próximo domingo, às 16h, no interior de São Paulo. Como a distância entre Juiz de Fora e o local da partida é menor que 700km - são 500km entre a Princesa de Minas e a cidade na qual acontece o confronto -, a viagem será feita de ônibus, segundo as regras da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), que banca o traslado. Assim, o Tupi vai antecipar seu embarque e segue na manhã de sexta-feira, às 8h, para o compromisso do fim de semana pela Série C.

 

Fora

A reformulação do elenco do Tupi começou e deve continuar até a parada da Série C para a disputa da Copa do Mundo. Por enquanto, o único atleta que já se desligou do clube foi o atacante Wesley, que acertou os ponteiros com a direção no último fim de semana. Segundo o diretor-executivo do clube, Alberto Simão, outros atletas devem deixar o elenco nos próximos dias. "Mas não haverá barca e tudo tem que ser feito dentro da lei e com calma para evitarmos futuras dores de cabeça", explica.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a retirada das pinturas de Lucio Rodrigues dos pontos de ônibus?