Publicidade

25 de Janeiro de 2014 - 07:00

Por JULIANA DUARTE

Compartilhar
 

Desimpedida na banheira

Começa oficialmente amanhã para o Tupi a temporada 2014. Confesso que tive meus momentos de pessimismo durante a formação do elenco para as disputas deste ano. A demora nas renovações e contratações me levaram a pensar que teríamos um ano de sofrimento. No fim das contas, estou com a mochila cheia de esperanças para embarcar rumo a BH amanhã. Como boa carijó, estarei, claro, no novo Independência neste domingo para conhecer os reformados estádio e esquadrão alvinegro.

Minha confiança se deve à manutenção de peças importantes como Ademilson, grande ídolo carijó, Núbio Flávio, Henrique, Fabrício Soares, Genalvo, Douglas Borges e Gonçalves, além de parte da nossa comissão técnica bem sucedida nos últimos anos.

Recebemos reforços em posições essenciais, como a lateral-esquerda e o meio de campo. O atacante Da Silva também vem se mostrando uma grata surpresa e, a princípio, trazendo disputa ao ataque e, consequentemente, esperança de mais gols. Até agora, gostei, também, da serenidade e competência do nosso comandante Gottardo nas declarações à imprensa e na montagem do time.

Tenho boas lembranças do Tupi jogando no Independência e espero que sejam reforçadas amanhã. Contra um time da capital? Sim. Contra uma equipe que disputa a Série B? Sim. Mas o Estadual é uma disputa peculiar, na qual os times do interior mostram sua força. Amanhã é o dia de o Tupi mostrar seu lado fantasma, seu lado guerreiro, e eu estarei lá.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que alertas em cardápios e panfletos de festas sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool contribuem para reduzir o consumo de bebidas por motoristas?