Publicidade

17 de Janeiro de 2014 - 07:00

Por Tribuna

Compartilhar
 
Farinazzo e Gerson já venceram a competição no passado
Farinazzo e Gerson já venceram a competição no passado

Imagine participar de uma corrida de 217km. A partir das 8h de hoje, esse é o desafio dos juiz-foranos Marco Farinazzo e Gerson Sávio. A Brazil 135 Ultramarathon é a prova mais dura entre as corridas de longa distância disputadas no Brasil. O percurso é de 217km - ou 135 milhas, na contagem métrica americana -, sendo que apenas 20km são em terreno plano. O restante é de subidas ou descidas. Não é para qualquer um. Tanto que os interessados têm de apresentar sua credenciais à direção da prova. Somente atletas capacitados fisicamente são aceitos para disputar o desafio que começa em São João da Boa Vista (SP) e termina em Paraisópolis (SP).

A prova faz parte do circuito da Copa do Mundo de Ultramaratonas Extremas Bad135, juntamente com outras duas provas - a Badwater Ultramarathon, no deserto do Vale da Morte, na Califórnia, e a Arrowhead, em Minnesota, ambas nos Estados Unidos. De acordo com a direção da prova, o tempo máximo estabelecido para terminar o trajeto são 60h, ou seja, dois dias e meio após a largada. Em todas as modalidades (solo, dupla, trio e quarteto), é necessário que o atleta tenha um carro de apoio, para oferecer comida, alimentação e suporte ao atleta.

Farinazzo, que tem apoio dos fisioterapeutas Teo Lopes e Reinaldo Musialowski, já venceu o desafio da montanha em 2009, quando completou o insano trajeto em 26h43min. "Esta é a décima edição da prova, e eu espero conseguir repetir a dose e voltar com a vitória", planeja Farinazzo, que naquele mesmo ano de 2009 conquistou também o primeiro lugar na Badwater, nos Estados Unidos.

Quarteto

Gerson Sávio lidera a equipe Amigos do Gerson, quarteto que conta ainda com o mineiro de Mercês Reinaldo Simplício, o gaúcho Cleonir Simonetti e o paulistano Éber Valentim. Nessa modalidade, o limite máximo para o término do trajeto é de 40h, já que os competidores se revezam durante a prova. "Nossa estratégia será cada um dar o máximo de si em períodos curtos de tempo - 40min ou, no máximo, 1h. O nosso objetivo não é apenas vencer , mas também quebrar o recorde e fechar em menos de 20h o percurso", garante Gerson, que venceu a prova em 2012, formando trio com Vanderson Souza e Roni Vieira.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que a realização de blitze seria a solução para fazer cumprir a lei que proíbe jogar lixo nas ruas?