Publicidade

14 de Maio de 2014 - 23:01

Por Wallace Mattos

Compartilhar
 
Sheik lamenta lance ruim durante derrota
Sheik lamenta lance ruim durante derrota

A festa estava pronta para o Botafogo, apesar de o mando de campo ser do Goiás, mas os virtuais donos da casa fizeram valer seu melhor segundo tempo e venceram os cariocas por 2 a 0, gols do meia Ramon e do centroavante Danilo. Com o resultado, pelo menos até o fim de semana, quando a quinta rodada do Campeonato Brasileiro será complementada, o Esmerandino fica na vice-liderança da classificação, enquanto o Bota agora é o 13º. Os botafoguenses voltam a campo no dia 21 de maio, jogando contra o Grêmio, às 22h, no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul. Os goianos recebem o Santos, no dia 22, às 19h30, no Serra Dourada, em Goiânia.

No início da partida de ontem, os botafoguenses, maioria esmagadora dos 10.864 presentes ao Mário Helênio, empurraram, e o time foi para cima do Goiás. Logo aos 5 minutos, o atacante Emerson Sheik achou o meia juiz-forano Daniel atrás da zaga esmeraldina, ele invadiu a área, mas a defesa conseguiu o corte. A resposta dos goianos não demorou. Aos 6, o volante Amaral recebeu na área do zagueiro Jackson e finalizou no cantinho, para boa defesa de Jefferson.

Brigado no meio de campo, o jogo perdeu em qualidade com muitos erros de passes do Botafogo na tentativa de penetrar na defesa do oponente e do Goiás buscando encaixar um contra-ataque. Foi quando o volante Bolatti acertou o pé, Emerson escapou pela direita, mas, aos 28 minutos, invadiu a área e chutou por cima, cara a cara com Renan. Os cariocas pressionaram até o fim do primeiro tempo, mas não conseguiram abrir o marcador. 

Na volta do intervalo, o ímpeto do Botafogo não parecia ter diminuído. Aos 4 minutos, Sheik invadiu a área e finalizou, mas Renan salvou o Goiás se atirando nos pés do atacante botafoguense. Apesar da pressão alvinegra, quem abriu o placar foi o Verdão do Cerrado. Depois de boa trama pela esquerda, Ramon invadiu a área e tocou no canto, longe de Jefferson, para fazer 1 a 0 e calar o Mário Helênio. Aos 17, quase o segundo. O centroavante Danilo roubou bola e tocou para o meia Esquerdinha ficar frente a frente com o goleiro do Bota, mas o goiano chutou por cima.

Tentando acelerar o jogo e buscar o empate, o Botafogo errava muito e o Goiás buscava encaixar um contra-ataque para ampliar. Mas foi em um erro do sistema defensivo botafoguense que os goianos chegaram ao segundo gol. Percebendo a marcação em linha, o meia Tiago Real tocou por elevação para Ramon, que percorreu quase toda a entrada da pequena área com a zaga alvinegra assistindo, deu de calcanhar e achou Danilo, que só tirou de Jefferson para colocar 2 a 0 no placar, aos 23 minutos. Foi a senha para a torcida do time carioca começar a deixar o Estádio Municipal, protestando. Na base do abafa, o Bota ainda tentou correr atrás do prejuízo, mas sem qualidade ou sucesso.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que os resultados do programa "Olho vivo" vão inibir crimes nos locais onde estão as câmeras?