Publicidade

06 de Fevereiro de 2014 - 07:00

Por WENDELL GUIDUCCI

Compartilhar
 

Lembrem de Escobar

Em 2014 completam-se 20 anos desde que Andrés Escobar foi assassinado em frente a uma boate em Medellín, na Colômbia. Ele tinha 27 anos de idade e foi morto por Humberto Muñoz Castro, condenado a 43 anos de prisão - cumpriu 11 e foi solto por bom comportamento. Os motivos do crime nunca foram satisfatoriamente esclarecidos. Uma das teorias dá conta de que Escobar foi morto porque fez um gol contra na Copa do Mundo de 1994, a favor dos Estados Unidos, que decretou a derrota por 2 a 1 e a consequente eliminação da Colômbia da competição. Nos dias seguintes, todos os jogadores da seleção - um timaço com Valderrama, Rincón, Asprilla, Valencia - passaram a andar escoltados pela polícia, que temia mais assassinatos. Se as razões verdadeiras da morte de Escobar permanecem um mistério, sua força simbólica é bastante real. Diante da invasão do CT do Corinthians por um pelotão de terroristas travestidos de torcedores na semana passada, achei bom relembrar o caso. Certas coisas não devem ser esquecidas.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você participa das celebrações da Semana Santa?