Publicidade

20 de Março de 2014 - 06:00

Por WENDELL GUIDUCCI

Compartilhar
 

Para o momento

Eu gostaria que o Paulo Campos ficasse no Tupi. Mas, mais do que isso, queria que o Tupi tivesse dinheiro para pagar o salário do Paulo Campos, seja R$ 15, R$ 25 ou R$ 30 mil, como se especula pelos corredores ventilados da imprensa juiz-forana. Tendo dinheiro para pagar, digamos, R$ 30 mil a um treinador - mesmo que não fosse Paulo Campos, e me parece que Paulo Campos é de fato um ótimo treinador para o Tupi -, quem sabe o Carijó não tivesse também uma grana para impedir falta de luz em Santa Terezinha e contratar uns jogadores de mais cancha para a disputa da Série C?

Eu gostaria que o Paulo Campos ficasse no Tupi, mas, acima disso, queria que o Tupi tivesse dinheiro para montar um grupo qualificado e pagar os salários em dia, e construir um centro de treinamento, modesto que fosse, sem ter de vender mais um pedaço de seu patrimônio. Gostaria que tivesse dinheiro para não apenas completar a tabela, mas para disputar os primeiros lugares e honrar seus poucos, mas fiéis torcedores, e sua história centenária. Gostaria disso tudo, mas, para o momento, torço pela montagem de um elenco digno, que mantenha o clube na Terceira Divisão do Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor da adoção de medidas, como tarifas diferenciadas e descontos, para estimular a redução do consumo de água?