Publicidade

06 de Maio de 2014 - 06:00

Por WALLACE MATTOS

Compartilhar
 

Caros e caras, como o técnico da Seleção Brasileira, Luiz Felipe Scolari, convoca amanhã seu grupo para a Copa do Mundo, resolvi embarcar nesse exercício de futurologia. Sei que de cabeça de treinador e de bumbum de neném ninguém sabe o que vem, mas nesse nosso Papo tentarei calçar os sapatos do bigodudo e completar a lista de 23 jogadores, já iniciada pelo próprio Felipão no dia 24 de abril, quando este adiantou nove nomes de sua convocação.

Os goleiros já estão escolhidos e têm seu titular: Júlio César. Os reservas serão Jefferson e Victor. Na zaga, também tudo preenchido: Thiago Silva e David Luiz, ambos pré-convocados, com Dante e Dedé no banco. Os laterais serão Daniel Alves e Rafinha na direita, e Marcelo na esquerda. Por pura falta de opção e pela temporada de seu clube, acho que Filipe Luís completará a ala canhota.

No meio, acredito que Felipão vai apostar em jogadores versáteis tanto na proteção à zaga como mais avançados. Assim, deve convocar mais volantes que podem atuar como meias. O único cão de guarda nato em sua convocação será Luiz Gustavo, que se encaixou bem no time. A seu lado, com funções parecidas, mas características de mais chegada, ele terá Ramires, Fernadinho, Paulinho e Hernanes. Para a meia, além dos pré-convocados Willian e Oscar, creio que somente Lucas será chamado.

Na frente, acho que vai sobrar para o Jô. Sem fazer muitos gols em 2014 e ainda com uma suspeita de lesão no joelho direito, o centroavante do Atlético-MG perde espaço e deve ficar de fora da lista. Assim, além dos titulares Neymar e Fred, Hulk e Bernard serão os atacantes a meu ver, fechando os 23 convocados.

Para não dizer que não falei do Tupi, a derrota por 1 a 0 no Rio Grande do Sul, no último domingo, não pode ser considerada um desastre. Afinal, um jogo fora de casa contra o tradicional Juventude é daqueles que se marca 0 pontos no planejamento da competição mesmo. Mas somado ao empate em casa na estreia o revés de domingo pesa um pouco. Para se recuperar, o time juiz-forano precisa agora somar 6 pontos na sequência de duas partidas em casa para não se ver pressionado antes mesmo da parada da Série C para a Copa do Mundo.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você já presenciou manifestações de intolerância religiosa?