Publicidade

08 de Maio de 2014 - 20:17

Escalação segue indefinida para a partida deste sábado, às 16h, contra o Guaratinguetá

Por Wallace Mattos

Compartilhar
 
Meia Chico ainda não deve poder estrear no sábado
Meia Chico ainda não deve poder estrear no sábado

Se juntou nesta quinta-feira (8) ao elenco do Tupi o 11º reforço do clube para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro. Contratado em definitivo junto ao Atlético Sorocaba, do interior paulista, o meia Chico, de 22 anos, ainda não deve poder estrear no compromisso deste sábado, pela quinta rodada do grupo B da Terceirona, contra o Guaratinguetá, às 16h, no Estádio Municipal.

O jogador considera que a projeção que pode ter no Carijó deve levá-lo a novos patamares na busca por se firmar como jogador de futebol profissional. "O convite foi maravilhoso. O Tupi é uma equipe que tem uma visibilidade muito grande, agradeço pela oportunidade que o clube está me dando. Para minha carreira é muito importante. Só tenho 22 anos e por onde passei dei bons resultados. Espero que seja assim aqui também", deseja.

Nascido em Cascavel, no Paraná, Francisco Hyul Sol Kim, foi logo bebê para o Paraguai, onde permaneceu até os 16 anos. Filho de pais sul-coreanos que imigraram para a América do Sul em busca de melhores oportunidades, o brasileiro voltou a seu país natal em 2008, quando fez testes e foi aprovado nas categorias de base do Atlético Sorocaba. Desde então também foi emprestado para Águia Negra-MS, Cene-DF, Brasiliense-DF e Olimpia-SP, sempre retornando ao clube com o qual tem vínculo. Este ano, disputou o Paulistão pelo próprio Atlético Sorocaba, que terminou a disputa rebaixado à Série A2 em 2015.

Esperando contribuir, Chico sabe bem como pode fazer isso e não se importa onde irá atuar. "Vim para ajudar. Sou um jogador de velocidade, boa finalização e batida na bola parada. Também já atuei como falso centroavante e me sinto bem assim também. Estou à disposição do treinador para me utilizar da melhor forma possível."

 

Mudanças

No treinamento desta quinta, o técnico do Tupi, Léo Condé, sinalizou com possíveis mudanças na equipe titular para o confronto deste sábado. Ainda sem contar com o lateral-esquerdo Bruno Barros, ___, o treinador optou pela volta do meia Raphael Toledo, que atuou no Campeonato Mineiro desta maneira, para o setor.

Os recém contratados Marcelinho, Ewerton Maradona e Gustavo, assim como Genalvo ganharam vaga na equipe principal que treinou a primeira parte da atividade com um homem a mais, já que Henrique foi adiantado para o meio de campo, e deixaram a equipe apenas o volante Felipe Lima e o meia Dieguinho. No ataque, em relação ao jogo contra o Juventude, Maranhão ganhou a vaga de Núbio Flávio, atuando a maioria do tempo ao lado de Elder Santana. Na segunda parte da atividade, Genalvo deixou os titulares e Núbio fez dupla com Oliveira na frente, fechando a série de testes de Condé.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o resultado do PIB nos dois últimos trimestres vai interferir no resultado das eleições?