Publicidade

12 de Abril de 2014 - 07:00

Fora de casa, Carijó encara amistoso contra time de Varginha para ganhar entrosamento

Por Wallace Mattos

Compartilhar
 

O primeiro teste do Tupi para a sequência da temporada 2014 será pesado. Em preparação para a segunda fase da Copa do Brasil, na qual encara o Fluminense em jogo que pode ser marcado a partir do dia 23 de abril, e para a Série C do Campeonato Brasileiro, na qual tem estreia marcada para o dia 27 de abril, contra o Macaé, em Juiz de Fora, o Carijó joga neste sábado (12) em Varginha, às 16h, no Melão, contra o Boa Esporte, que faz seus últimos acertos para a estreia na Série B do Brasileirão, dia 19 de abril, em casa, contra o Atlético-GO.

Segundo o técnico Léo Condé, que nesta sexta fechou sua primeira semana de treinamentos à frente do grupo alvinegro, essa será uma oportunidade de conhecer melhor seu elenco para identificar possíveis pontos a serem melhorados ou necessidades de reforços. Assim, ele colocará em campo o maior número de atletas possível nesse primeiro teste. A equipe titular deve apresentar novidades para o torcedor. Pelos treinamentos da semana, o clube juiz-forano entra em campo neste sábado com Rodrigo; Henrique, Wesley Ladeira, Fabrício Soares e Bruno Barros; Felipe Lima, Genalvo, Raphael Toledo e Álvaro; Núbio Flávio e Wesley.

Quem está chegando ao grupo, mesmo que já tenha passagem anterior por Santa Terezinha, sabe que a hora é de apresentar sua credenciais ao treinador, como identifica o goleiro Rodrigo. "Todo o grupo tem buscado se entrosar durante os treinos, mostrar para o Léo, que está chegando agora, que tem condições de jogar. Contra o Boa, o importante é dar entrosamento à equipe, adaptar quem estava no grupo do Mineiro com quem está chegando. Teremos o real parâmetro de como está nosso time. O resultado não é o mais importante, e sim a busca dessa sintonia. Claro que, se vier uma vitória, é uma moral a mais para a equipe."

Já quem permaneceu do Campeonato Mineiro para a sequência do ano quer que a equipe ao menos repita o que fez no Estadual, agora com novos jogadores. Assim acredita o zagueiro Fabrício Soares: "Espero que façamos pelo menos o que fizemos no Estadual, chegar àquele nível de atuação. O quanto antes nos entrosarmos, melhor. Mesmo que eu e o Ladeira já tenhamos treinado juntos no passado, por exemplo, depois dessa saída dele, com essa volta mais confiante, é sempre bom trabalhar para nos adaptarmos cada vez mais um ao outro. Conhecer os companheiros e saber onde e de que jeito cada um prefere a bola, saber as movimentações... é sempre interessante", considera.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você confia nas pesquisas eleitorais?