Publicidade

07 de Janeiro de 2014 - 07:00

Tupi recebe o Friburguense no primeiro de dois duelos que valem a Taça Cidade de Santana de Cataguases

Por Wallace Mattos

Compartilhar
 
Jogo serve como teste para estreia no Mineiro 2014
Jogo serve como teste para estreia no Mineiro 2014

Quem quiser conferir como está a preparação do Tupi para o Campeonato Mineiro 2014, no qual o clube local estreia no dia 26 de janeiro, contra o América-MG, em Belo Horizonte, tem um boa oportunidade nesta terça-feira (7). Os comandados do técnico Wilson Gottardo estarão em ação a partir das 15h30, no Estádio Municipal, no primeiro de uma série de dois amistosos contra o Friburguense, que faz pré-temporada para a disputa do Campeonato Carioca. Para acompanhar a partida, o torcedor deve doar 1kg da alimento não perecível, exceto sal e fubá, que será destinado a uma instituição de caridade juiz-forana.

O segundo confronto entre o Carijó e o Frizão está agendado para o dia 12 de janeiro, próximo domingo, também às 15h30, em Santana de Cataguases, cidade da Zona da Mata mineira, sede da pré-temporada do clube carioca e que fica a 146km de Juiz de Fora. O conjunto dos dois amistosos dará ao vencedor a Taça Cidade de Santana de Cataguases. Assim, além da preparação para o Mineiro, os jogadores do Tupi enxergam outro motivo para se dedicar nos testes.

"Nós jogadores somos sempre muito competitivos. Gostamos de ganhar, ainda mais valendo troféu. Mas o foco principal é o Campeonato Mineiro e, assim, a importância desses amistosos é muito grande, pois nosso time está bastante reformulado, e as partidas servirão para nos dar mais entrosamento. Será bem válido para nos conhecermos ainda mais e chegarmos no dia 26 bem preparados", considera o atacante Núbio Flávio.

Sem poder contar com o lateral-direito Magnum e o centroavante Ademilson, ambos poupados por conta de dores no joelho direito e sem garantia de participação no amistoso de hoje, Gottardo armou o time que irá a campo diante do Friburguense no treino desta segunda-feira. A formação que deve iniciar o confronto tem o goleiro Jordan, o lateral-direito Maxuel, os zagueiros Helder e Fabrício Soares, o lateral-esquerdo Lucas, o volante Felipe Lima, os meias Sidnei e Henrique, e os atacantes Lee, Núbio Flávio e Da Silva.

 

Na Justiça

O lateral-esquerdo Thiaguinho acionou o Tupi na Justiça do Trabalho requerendo a rescisão de seu contrato, que iria até 2015, por conta de dívidas salariais que somariam quatro meses. Como está em litígio com o clube, o atleta passou a treinar, embora no mesmo horário, fazendo trabalhos separados do grupo principal e deve deixar Santa Terezinha. Uma audiência preliminar sobre o assunto está marcada para o início de fevereiro.

O jogador preferiu não se pronunciar sobre a situação na tarde desta segunda. Já o diretor-executivo Alberto Simão disse que o clube foi pego de surpresa com a ação. "Ele não nos sinalizou em nenhum momento que gostaria de sair, até porque, se tivesse pedido sua rescisão, faríamos o acerto na hora. No Tupi só joga quem quer jogar. Infelizmente é um atleta pelo qual temos muito carinho, cria da base do clube e que preferiu essa via para se desligar", lamentou o dirigente.

 

Volta

Também nesta segunda, Alberto Simão, confirmou a volta do volante Genalvo para a disputa do Campeonato Mineiro. Um dos líderes do grupo no ano passado, quando disputou o Estadual e participou da campanha do acesso para a Série C, o jogador tem 32 anos e será apresentado na tarde desta terça-feira.

Além da volta de Genalvo, o Tupi recebeu outro atleta nesta segunda. O jovem goleiro Igor Resende, 18 anos, da base carijó, se juntou a Jordan, Douglas Borges e Gonçalves nos trabalhos com o preparador Walker Campos. Outro atleta que pintou em Santa Terezinha na última tarde foi o meia André, 21, ex-CFZ do Rio, que passará por um período de avaliação no Carijó.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?