Publicidade

30 de Dezembro de 2013 - 19:15

Equipe sub-20 do Atlético-MG venceu Carijó por 3 a 2

Por Tribuna

Compartilhar
 
Sub-20 do Atlético-MG venceu Carijó por 3 a 2
Sub-20 do Atlético-MG venceu Carijó por 3 a 2

Atualizada às 20h39

Cerca de 120 pessoas acompanharam o primeiro jogo amistoso do Tupi na tarde desta segunda-feira (30), contra a equipe sub-20 do Atlético Mineiro no Estádio Radialista Mário Helênio. O Galo da capital venceu o Carijó por 3 x 2, gols de Da Silva e Núbio Flávio para a equipe local. Donato, Carlos e Mucurí marcaram os gols do alvinegro de Belo Horizonte. 

"Alguns atletas se mostraram muito bem, mas é óbvio que faltou ritmo de jogo. No geral, eles se apresentaram bem. Ainda temos alguns problemas, mas o grupo está empenhado e já pegou bom condicionamento nesses 20 dias. Já estruturamos bem o sistema defensivo, apesar de algumas falhas individuais, o que é normal. Após esse pequeno período de descanso iremos retomar, dando ênfase maior no ataque. A minha análise é que alguns mostraram aquilo que a gente queria e é isso que eu vou passar para o Gottardo, que também poderá assistir o vídeo da partida", afirmou o auxiliar técnico Valteir Gomes, que comandou a atividade, já que o técnico Wilson Gottardo está nos Estados Unidos, acompanhando o nascimento da sua neta. 

O próximo desafio do Carijó será o Friburguense em duas partidas pela Taça Cidade Santana de Cataguases. O primeiro será no próximo dia 8, no Estádio Municipal, às 15h30. O segundo, em Santana de Cataguases, no dia 12 de janeiro, às 15h30.

Seguindo o esquema tático que o técnico Wilson Gottardo vinha utilizando, o Galo entrou em campo com o 4-2-3-1:  Douglas Borges; Maxsuel, Rafael Vítor, Fabrício Soares e Magnum ; Felipe Lima , Raphael Toledo, Henrique, Sidnei e Núbio Flávio; Da Silva. O lateral Thiaguinho, com dores nas costas, foi poupado. 

Apesar da escalação ofensiva, com apenas um volante de contenção clássico (Felipe Lima), quem comandava as ações e pressionava o adversário era a equipe da capital. Aos 21 minutos, o atacante Carlos recebeu bom passe na entrada da área, driblou Rafael Vítor e chutou no canto direito de Douglas Borges. Um a zero. Após o gol, Toledo inverteu a posição com Sidinei e Da Silva foi para a ponta esquerda, onde estava Núbio Flávio. O Tupi cresceu no jogo.

Aos 32 minutos, Toledo bateu escanteio, Fabrício Soares desviou no primeiro pau. A bola explodiu na trave e sobrou limpa para Da Silva estufar as redes do goleiro Uilson. O jogo esquentou. Aos 41 veio a virada carijó. Após lindo lançamento de Felipe Lima, Da Silva fez jogada individual na ponta e cruzou para Núbio Flávio completar, de carrinho, para o fundo das redes.

Aos 44 minutos, após cobrança de escanteio, o zagueiro Donato subiu sozinho e, de cabeça, empatou. 

Na segunda etapa, os dois treinadores fizeram muitas modificações. Pelo Carijó, apenas o zagueiro Rafael Vítor jogou os 90 minutos da partida. Demonstrando intensidade menor e menos entrosamento, o nível do jogo caiu. O único momento de destaque foi a boa jogada de Mateus Nolasco, que deixou Mucurí livre para marcar o gol da vitória do Atlético Mineiro.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?