Publicidade

07 de Dezembro de 2013 - 20:38

Por Tribuna

Compartilhar
 
Time perdeu por 3 sets a 0, em jogo válido pela décima rodada da Superliga 2013/14
Time perdeu por 3 sets a 0, em jogo válido pela décima rodada da Superliga 2013/14

O Kappesberg Canoas venceu a UFJF por 3 sets a 0 (19/21, 19/21 e 14/21), em jogo válido pela décima rodada da Superliga 2013/14, na noite deste sábado (7), na Arena UFJF. Com a vitória, os gaúchos chegam aos 14 pontos, enquanto a Federal se mantém com 8 pontos. "Tivemos um bom primeiro set, no qual perdemos no passe. No segundo, perdemos no ataque. E no terceiro, tivemos dificuldade geral. Eles são um grupo de muito experiência muito grande e conseguiram levar os pontos", definiu o técnico Carlos Augusto "Chiquita". O próximo desafio da Federal será sexta-feira, em Campinas, contra o Vôlei Kirin, às 19h.

Assim como o clima em Juiz de Fora, o jogo começou quente. A Federal entrou em quadra mostrando que queria se recuperar da série de derrotas consecutivas e começou à frente no placar (7 a 5). Chegou a abrir 5 pontos de diferença (10 a 5), mas permitiu a reação do adversário após dois aces seguidos do ex-central da Seleção Gustavo, e a equipe do Sul encostou no placar (17 a 16). Empolgados, os gaúchos viraram o placar (19 a 18) e, após um erro de ataque de Japa, fecharam o set em 21 a 19.

Na segunda etapa, os gaúchos abriram 7 a 3 na primeira parada técnica e logo os 5 pontos de vantagem apareceram, desta vez para os adversários (10 a 5). Chiquita então mexeu na equipe. Entraram Japa, Rivoli e De Paula e, em uma bola cravada de Rivoli, a Federal empatou a partida e colocou fogo na Arena UFJF. Ponto a ponto, o set encaminhou para o final até que Refatti ficou no bloqueio e os gaúchos fecharam o set, mais uma vez, pelo placar mínimo.

No terceiro e decisivo set, o Canoas começou impondo seu ritmo de ataque e bloqueio fortes. Encarando sempre o bloqueio gaúcho, o time da casa permitiu que o adversário abrisse 7 pontos de vantagem e, sem dificuldades, os gaúchos fecharam a parcial em 21 a 14 e o jogo em 3 a 0.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?