Publicidade

21 de Dezembro de 2013 - 18:19

Por Tribuna

Compartilhar
 
Equipe foi derrotada pelo Cruzeiro por três sets a um
Equipe foi derrotada pelo Cruzeiro por três sets a um

Não foi desta vez que o time de vôlei da UFJF chegou a final do Campeonato Mineiro. Na disputa pela semifinal da competição, realizada neste sábado (21) no Ginásio do Riacho, em Contagem, a equipe foi derrotada pelo Cruzeiro por três sets a um, com parciais de 21/17, 21/13, 19/21 e 21/17. A final acontece amanhã (22), às 9h, contra o Minas, que venceu a equipe do Pirapora ontem por três sets a dois, também em Contagem. O Cruzeiro briga pelo tetracampeonato estadual.

Mesmo com a vitória do Cruzeiro, atual líder da Superliga, o confronto foi equilibrado entre as duas equipes. A UFJF abriu o placar no primeiro set, mas o time de Belo Horizonte venceu a primeira parada técnica por 7 a 5 e a segunda por 14 a 13. No retorno à quadra, o Cruzeiro abriu três pontos de vantagem (16×19), e o técnico Chiquita parou o jogo. Mesmo com a interrupção, um erro da UFJF fez com que o Cruzeiro fechasse o primeiro set em 21 a 17. No entanto, ambos times apresentaram igual número de erros: nove para cada lado.

O segundo set começou com o Cruzeiro saindo na frente depois de um erro de saque da UFJF, que foi direto na rede. Abrindo larga vantagem em cima da UFJF, o Cruzeiro venceu os dois tempos técnicos, o primeiro por 7 a 3, e o segundo por 10 a 4. O set fechou em 21 a 13. O terceiro set, no entanto, a equipe da UFJF acordou e pressionou o atual campeão mineiro, abrindo três pontos de vantagem para cima do Cruzeiro, a UFJF teve oportunidade de se manter à frente, mas um erro de arbitragem fez com que o Cruzeiro diminuísse a diferença para dois pontos. Mas a UFJF não desistiu. Vencendo as duas paradas técnicas - 7 a 6 e 14 a 11- os juiz-foranos mostraram melhor aproveitamento, fechando o set em 21 a 19, após três oportunidades de set points.

No começo do quarto set, a equipe tropeçou quando o Cruzeiro abriu vantagem de três pontos. Recuperando o ritmo, o time de Juiz de Fora foi esbarrando no placar a todo o momento, mas o grupo de Belo Horizonte venceu as duas paradas técnicas, a primeira por 7 a 5 e a segunda por 14 a 12. Nos minutos finais, a equipe do Cruzeiro abriu quatro pontos e fechou o set em 21 a 17.

Na visão do diretor técnico da UFJF, Maurício Bara, foi um jogo difícil em detrimento da qualidade técnica e poder de ataque apresentados pelo Cruzeiro, mas fez com que a equipe de Juiz de Fora começasse a recuperar sua identidade depois de passar por momentos ruins dentro da Superliga. "O time jogou com dignidade e perto do seu melhor. Este foi o primeiro passo em busca dessa recuperação. Conseguiu pressionar no final e durante toda a partida, se mostrou em pé de igualdade com o adversário."

Segundo Bara, o foco agora é se concentrar na Superliga. O próximo jogo da equipe será contra o Sesi-SP, no próximo sábado, dia 28, em São Paulo. A Vôlei UFJF ocupa, atualmente, a décima posição do campeonato nacional com oito pontos e briga para conseguir uma vaga entre as oito melhores equipes que avançam para os playoffs.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?