Publicidade

16 de Março de 2014 - 06:00

Fluminense e Vasco, separados por 2 pontos na tabela, disputam segunda colocação na classificação do Estadual

Por Tribuna

Compartilhar
 
Éverton Costa reforça o Vasco...
Éverton Costa reforça o Vasco...

Rio (Gazeta Press) - Com o Flamengo tendo garantido por antecipação o título da Taça Guanabara, a grande atração da penúltima rodada da fase de classificação do Campeonato Carioca será a disputa entre Fluminense e Vasco pela segunda posição, que também dá o direito de jogar por dois empates nas semifinais. Com isso, o destaque do fim de semana será o clássico entre os dois, programado para hoje, às 18h30, no Maracanã, no Rio de Janeiro.

O Tricolor praticamente garante a vantagem em caso de empate. A situação estaria ainda melhor se o time não tivesse apenas empatado por 2 a 2 com o Duque de Caxias no último fim de semana. Com 2 pontos a menos que o rival de hoje, ganhar é o que resta ao Vasco, que também vem de empate com um pequeno: 1 a 1 com o Bonsucesso.

Por conta do interesse das duas equipes na vantagem na semifinal, os tricolores esperam um clássico com caráter decisivo, como denunciam as aspas do atacante Rafael Sóbis. "O Vasco vai fazer de tudo para vencer esse jogo e chegar na última rodada dependendo dele para ter a vantagem. Nós também podemos deixar a situação encaminhada com uma vitória. O resultado desta partida pode ter impacto importante quando o Campeonato Carioca começar a afunilar de verdade", alertou o atacante.

Na visão de Adilson Batista, técnico do Vasco, o vencedor deste domingo vai ganhar moral. "Se formos analisar tudo o que representa o jogo, posso dizer que o ganhador chegará com mais empolgação nas semifinais. Moral no futebol se conquista com resultados positivos, ainda mais em um jogo desses", lembrou Adilson.

Em termos de escalação, os dois treinadores fazem mistério. Adilson Batista poderá contar com o retorno do lateral direito André Rocha, que cumpriu suspensão contra o Bonsucesso e recupera posição. Como Marlon vem se destacando, Diego Renan, que na rodada passada jogou improvisado na direita, perde a posição. O meia Éverton Costa é a principal novidade do time, reaparecendo na vaga do volante Fellipe Bastos. Liberado para resolver problemas pessoais no Uruguai, por conta do nascimento precoce de sua terceira filha, o goleiro Martín Silva é dúvida. Diogo Silva está de sobreaviso.

Pelo lado do Fluminense, o técnico Renato Gaúcho vai promover o retorno do zagueiro Gum, que cumpriu suspensão diante do Duque de Caxias. Como o suspenso da vez é Elivélton, punido com o terceiro cartão amarelo, Leandro Euzébio permanece entre os titulares. Como Carlinhos, que retornaria após se recuperar de uma pubalgia, foi liberado por conta do falecimento do filho recém-nascido, o meia Chiquinho será improvisado na lateral esquerda.

Galeria de Imagens

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você está evitando contrair dívidas maiores em função da situação econômica do país?