JF. terça-feira 27 jun 2017
OUÇA AGORA
Publicidade
20 de abril de 2017 - 08:30

Fiscalização de veículos e cargas em MG

Por Tribuna

O Governo de Minas Gerais lançou, na última terça-feira (18), Procedimento de Manifestação de Interesse (PMI) para implantação de fiscalização eletrônica de veículos e cargas nas rodovias federais e estaduais e vias urbanas do estado. As empresas têm até o dia 19 de junho para apresentar propostas para o projeto. A expectativa é ter 365 locais de captura de dados dos veículos, equipados com detectores de velocidade, 21 pontos móveis, sendo oito deles com escaneamento; 50 viaturas policiais com equipamentos e 20 balanças de pesagem em movimento.

Os dados captados por estes equipamentos serão transmitidos para um repositório central na Companhia de Tecnologia da Informação do Estado de Minas Gerais (Prodemge) e na Secretaria de Estado da Fazenda (SEF). Esses dados serão tratados por técnicas analíticas e integrados com informações de sistemas de governo, possibilitando a tomada de decisão pelos agentes do Estado em tempo real. As informações tratadas serão disponibilizadas em sistemas de informação web, aplicativos móveis e sistemas ligados, como o Hélios da Polícia Militar, que serão acessados pelos agentes do estado em painéis na Central de Monitoramento e Controle, nos Polos Regionais de Monitoramento e Controle e em dispositivos móveis.

A expectativa do Governo do estado é aprimorar a capacidade de resposta de agentes estaduais, com aplicação de inteligência artificial para a identificação de dados e eventos relevantes. Com isso, a segurança viária é aumentada, e há ampliação da percepção da presença do Estado pelos cidadãos. Os locais de captura já foram mapeados. A instalação de mais de 380 pontos de fiscalização eletrônica, entre móveis e fixos, vai otimizar o trabalho, permitindo o fechamento de postos físicos de fiscalização, sem prejuízo no resultado e ainda gerando uma economia média de R$ 2 milhões por mês.

As empresas têm até o dia 19 de junho para apresentar os projetos e podem procurar o Estado para esclarecer dúvidas neste período de 60 dias previstos pelo PMI. A expectativa do Governo de Minas Gerais é lançar o edital de parceria público-privada até o fim do ano e implantar o projeto em 2018.

Publicidade


Primeiro Comentário

  1. Aloysio Teixeira disse:

    Muito bom! Parabens! Agora só falta asfaltar as estradas!

*

Restam 500 digitos

 

Top