JF. quarta-feira 26 abr 2017
OUÇA AGORA
Publicidade
17 de fevereiro de 2017 - 08:45

Hora de comer quietinho

Após acordo, bloco Come Quieto faz seu carnaval em local fechado e promete dez horas de folia em um verdadeiro baile de carnaval
Por Bárbara Riolino
come-quieto

Come Quieto sai da rua para animar os foliões no Terrazzo (Foto: Leonardo Costa)

selo-carnavalPara os juiz-foranos, o sábado que antecede as festividades de Momo é sinônimo de Come Quieto. Mas diferente das edições anteriores, este ano o bloco leva a sua folia para o Terrazzo e promove um verdadeiro baile de carnaval. Segundo os organizadores, serão dez horas de festa com direito a repertório variado, passando pelas marchinhas, muito samba e até rock, além, claro, da Bateria Milagrosa. “A ordem é chegar cedo para aproveitar bastante, pois será um grande baile de carnaval”, destaca Luiz Gustavo Maciel (LG), um dos diretores do Come Quieto.

Entre harmonia e bateria, o bloco é formado por 83 componentes, que despertam a alegria de muitas faixas etárias, começando com a galerinha dos 20 e poucos anos até os pra lá de sessentões. “Incluímos xote, baião, pop, rock… Isso tem dado a cara do Come Quieto. Temos a nossa raiz no samba, mas absorvemos sugestões e ideias dos nossos componentes”, conta. Além do ponto alto que é a apresentação da bateria do bloco, o Baile do Come Quieto ainda reserva apresentação da banda de marchinhas, show com Thiago Miranda e a novidade deste ano: show do Samba à la Carte e DJ Tomate encerrando a festa.

Desde a sua origem, em 2011, o Come Quieto se apresentou na Rua Dom Viçoso, uma das principais do Bairro Alto dos Passos, Zona Sul da cidade. A mudança de local, para uma área fechada, aconteceu no final do ano passado, após um acordo firmado com a Sociedade Pró-Melhoramento (SPM) do bairro. “O intuito de levar para um lugar fechado é ganhar em qualidade musical e segurança. Em momento algum existe a intenção de criarmos um evento superlotado. Os números não são o nosso objetivo, mas reflexo do que fazemos. Queremos fazer um bom evento, oferecendo um bom serviço para os foliões, com bares, garçons e food trucks. As pessoas que buscaram informações sobre a mudança entenderam os reais motivos de tomarmos esta decisão”, esclarece LG.

Baile do Come Quieto

Neste sábado, às 12h, no Terrazzo (Avenida Deusdedith Salgado 5.050)

Publicidade


2 comentários

  1. Painho disse:

    Tendo o mín de tirocínio sabe-se que o real motivo da alteração é dinheiro.O que é perfeitamente aceitável. A festa no local que era, gerava lucro basicamente aos bares. Agora o ” bloco” vende camisas/entrada caríssimas,vende bebida e comida. Evidente que tem custos tb, mas ainda assim haverá lucro e gordo. Só não queiram passar recibo de otário, pois é evidente que a mudança NÃO foi para evitar tumultuar a vizinhança do alto dos passos.E qualidade musical em local fechado é uma contradição tb!

  2. Carlos Alberto disse:

    Com certeza. Pena que somente para alguns.
    A festa popular esta sendo fechada e precisa ser aberta para participação de todos.
    Um alerta para os gestores públicos.

*

Restam 500 digitos

 

Top