JF. quinta-feira 25 mai 2017
OUÇA AGORA
Publicidade
13 de maio de 2017 - 07:00

Monte a casa dos seus sonhos

Fazer a lista de presentes é a melhor forma de orientar seus convidados sobre quais produtos deseja ganhar
Por Tribuna

Quando o assunto é casamento, não faltam tarefas a serem cumpridas. Isso vai desde os detalhes da cerimônia até esquematizar a vida dos convidados, criando as listas de presentes, que são uma mão na roda para todos. A lista é uma forma que os casais encontram para montar a casa ou levantar recursos para serem empregados em outras etapas do casamento, seja na obra do novo lar ou nos gastos da viagem de lua de mel.

“A lista de casamento é sempre muito importante, pois ajuda seus convidados a saber sobre seus gostos, necessidades e desejos. Além disso, direciona para o tamanho dos eletrodomésticos conforme o espaço que o casal terá disponível na casa nova. A lista ainda poupa o tempo na hora das trocas”, ressalta Juliana Santiago, autora do blog Vida de Casada. Ela orienta os noivos a procurar, pelo menos, duas opções de lojas com mix de produtos variados, uma que seja focada em eletrodomésticos e outra que ofereça opções de casa. Outra dica é verificar se a loja escolhida disponibiliza uma lista de presentes on-line e a política de trocas.

Foi o que a servidora pública Lívia Côrtes Gonçalves, que sobe ao altar neste sábado, fez. Ela e o noivo começaram os preparativos para o casamento no final de 2015. Eles pesquisaram tudo até encontrar fornecedores e serviços que atendiam às suas expectativas e necessidades. As necessidades também permearam a montagem da lista de presentes. “Tivemos que começar do zero, pois só vamos morar juntos após o casamento. Compramos algumas coisas, mas a maioria virá da lista. Fizemos em uma loja física aqui de Juiz de Fora e também em sites. Focamos mais nas utilidades domésticas”, conta ela, que, apesar de ter gosto parecido com o do futuro marido, encontrou dificuldades para decidir quais produtos ficariam na lista, dada a variedade que o mercado oferece. Contudo, boa parte dos presentes já chegou. “Já recebemos muitas coisas e tudo dentro do que escolhemos. Quando chega um presente a gente sente a amizade e o carinho daquele convidado por nós”, ressalta.

Presentes personalizados

Juliana destaca que os noivos devem personalizar, ao máximo, suas listas, deixando claro suas preferências quanto cores, materiais e demais características. “Geralmente as lojas possuem uma assessoria para montagem das listas, mas a indicação daquilo que se deseja ganhar é por parte dos noivos”, comenta. Além de eletrodomésticos e utensílios domésticos, os noivos podem incluir na lista artigos de enxoval e peças decorativas. “Os noivos nunca devem limitar o convidado sobre um determinado presente que gostaria de ganhar. Isso é indelicado. Mas, caso a pessoa pergunte e o casal tiver intimidade com ela, vale até dizer”, lembra.

A empresária do ramo de casa e decoração, Ingrid Og, explica que sempre orienta as noivas que montam a lista em sua loja a escolherem peças em duas versões: básica e requintada. “Para um jogo de chá e jantar básico, por exemplo, sugiro uma louça branca lisa, mas se for do gosto dos noivos, as peças podem ser coloridas. Jogos mais requintados podem apresentar um filete dourado na borda. A mesma coisa vale para copos do dia a dia, taças, faqueiros, baixelas”, explica Ingrid, acrescentando que as peças que comercializa são avulsas, o que possibilita montar aparelhos na quantidade desejada. O enxoval pode ser personalizado, recebendo bordados com as iniciais do casal. “Outro produto bastante procurado são as fragrâncias em spray, que podem ser jogadas nas toalhas, lençóis e fronhas, deixando aquele aroma gostoso”.

No caso das listas de presentes virtuais – tanto aquelas disponibilizadas pelas lojas, como em sites especializados em casamento, que oferecem presentes fictícios – Juliana ressalta que optar por elas é uma forma de pensar no conforto e na comodidade dos convidados. “As pessoas estão buscando a praticidade. No caso dos presentes fictícios, eles são revertidos em créditos em dinheiro, que é uma forma de o casal levantar recursos para investir na mobília, na obra da casa ou até nos gastos da viagem. Muitas vezes, o convidado nem sabe que está presenteando os noivos com dinheiro. Isso é muito comum para casais que já moram juntos ou que se casam no Brasil e vão morar em outro país”, conclui.

Casa-e-cia

Publicidade

Top