Peugeot 5008 é testado em Portugal

  As minivans e as station wagons estão cada vez mais raras no cenário automotivo mundial. Esses modelos, com características basicamente familiares, caíram no esquecimento e passaram a dar lugar aos SUVs e crossovers que, além de cumprirem as mesmas funções, oferecem ainda mais espaço e robustez. Diante disso, as montadoras precisaram concentrar suas forças […]

Por Regina Campos

16/03/2017 às 09:28hs - Atualizada 16/03/2017 às 11:08hs

 

As minivans e as station wagons estão cada vez mais raras no cenário automotivo mundial. Esses modelos, com características basicamente familiares, caíram no esquecimento e passaram a dar lugar aos SUVs e crossovers que, além de cumprirem as mesmas funções, oferecem ainda mais espaço e robustez. Diante disso, as montadoras precisaram concentrar suas forças para “adaptar” seus produtos a fim de agradar ao consumidor desse nicho. E foi o que fez a Peugeot com o 5008. O antecessor desse modelo era uma minivan feita sob uma plataforma aprimorada do antigo sedã médio-grande 407. O atual compartilha a plataforma EMP2 do 3008 _ outro crossover da marca _ e assume caráter de SUV.

O Peugeot 5008 fica uma categoria imediatamente acima do 3008. O novo modelo tem 4,64 metros de comprimento _ 19 cm a mais que o 3008 _ e oferece uma terceira fileira de assentos, totalizando sete lugares. Embora a estética seja familiar, o 5008 é um pouco mais “parrudo” que o 3008, que tem uma aparência mais “limpa”. O carro está disponível na Europa nas versões Access, Active, Business, Allure e GT Line.

A bordo, há uma sensação de muita qualidade dos materiais e nos encaixes do Peugeot 5008. O pequeno volante é confortável e permite um manuseio agradável. O painel de instrumentos conta com duas grandes telas: uma com oito polegadas e outra com 12,3, essa no centro do cluster. As duas exibem informações sobre o sistema de entretenimento e as condições do veículo. A central é compatível com tecnologias de música, internet, telefonia, GPS em 3D e compatibilidade com smartphones. Os controles são bem definidos e fáceis de usar.

O espaço do Peugeot 5008 é generoso, mesmo se a viagem for de cinco pessoas. Com a terceira fileira de bancos rebatidos, é possível desfrutar de um volume de 780 litros de capacidade em bagagens. Os três assentos da segunda fileira são independentes e têm ajustes individuais. Mas, nos dois assentos de trás da última fileira, só crianças viajam com certo conforto.

Na Europa, a Peugeot equipa o 5008 com uma gama de cinco motores. Dois são a gasolina: um 1.2 litro turbo de 130 cv, da família PureTech, e um 1.6 THP de 165 cv de potência. Para quem abastece com diesel, as opções são 1.6 de 100cv ou 120cv e um 2.0 litros, de 150cv ou 180cv. Com o objetivo de melhorar o desempenho, o novo 5008 entrou na política de contenção de peso, perdeu cerca de 100 kg em relação ao antecessor. O novo modelo pesa 1.317 kg.

O conteúdo continua após o anúncio

O preço do Peugeot 5008, na Europa, começa a partir de 25.450 euros para a versão com motor 1.2 de 130 cv _ aproximadamente R$ 85.800 _ e chega aos 40.200 euros para a versão de topo GT Line, com motor 2.0 a diesel de 180 cv acoplado a uma transmissão automática _ cerca de R$ 135.500. Não há previsão da chegada do modelo ao Brasil.
divulgação

 

 

 

Leia também

Desenvolvido por Grupo Emedia