Publicidade

13 de Fevereiro de 2014 - 07:00

Por MARCELLO SIQUEIRA- ENGENHEIRO

Compartilhar
 

Entre as importantes ações de Itamar Franco como prefeito, senador, governador e presidente da República, temos que reconhecer que, além do Plano Real e do seu grande legado moral para a política brasileira, o maior presente que a cidade de Juiz de Fora recebeu foi a Barragem de Chapéu D'Uvas, inaugurada por ele como presidente da República em 1994, e cujo custo total hoje seria de mais de R$ 300 milhões.

Todos sabemos que a água é fundamental para a vida e, em tempos de calor acentuado e consequente estiagem, as cidades sofrem com o desabastecimento, como ocorre em São Paulo e em várias cidades, ou mesmo com o rodízio no abastecimento que acontece atualmente em Juiz de Fora.

A barragem de Chapéu D'Uvas, em volume d'água, é 11 vezes maior que o manancial da Represa Dr. João Penido, que vem abastecendo Juiz de Fora nos últimos 80 anos o que nos dá segurança e garantia de fornecimento para o futuro, além de proteger o município contra inundações através do controle da vazão do rio nas épocas das chuvas e de perenizar o mesmo com a abertura das comportas no período das estiagens, aumentando o volume das águas no leito do rio. Chapéu D'Uvas tem capacidade para armazenar 146 milhões de metros cúbicos, permitindo o fornecimento de água de qualidade para uma população de mais de dois milhões de pessoas (o que esperamos nunca acontecer).

A Prefeitura de Juiz de Fora, através da Cesama, está terminando a construção de mais uma adutora, com 17km de extensão de tubos de ferro fundido de 900 milímetros, e ampliando a estação de tratamento de água no Distrito Industrial, cujo investimento e custo final é da ordem de R$ 50 milhões. A inauguração desta importante obra é prevista ainda para o primeiro semestre de 2014. Desta forma, haverá um aumento de 900 litros por segundo no nosso abastecimento, que atualmente é de 1.600l/s, e passará para 2.500l/s, trazendo tranquilidade para a população pelos próximos 30 anos. Teremos água com qualidade e quantidade para as próximas gerações.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que a Justiça agiu corretamente ao permitir, por habeas-corpus, a soltura dos ativistas presos durante a Copa?