Publicidade

12 de Dezembro de 2013 - 07:00

Por SAGRADO LAMIR DAVID - ESCRITOR

Compartilhar
 

Lá foram, e já estão lá, representando o Brasil, nas exéquias de Nelson Mandela - do grande líder universal, da paz, do amor e do respeito entre os homens -, os nossos políticos, ainda não plenos de representatividade, Dilma, Lula, Sarney, FHC e até o presidente que sofreu "impeachment", o criador do famigerado Plano Collor! Ora, e aquele negro brasileiro, de pele retinta e luzidia, verdadeiro afro-verde-amarelo, que nos demonstrou coragem, atitude, serviço público, amor à verdade, e que, suplantando os preconceitos raciais, ainda retidos e guardados nas mentes e até nos corações de muitos brasileiros, chegou a presidente do STF, no qual fez aquilo que brancos que lá estiveram não tiveram coragem e competência para fazer?!

Não era ele, Joaquim Barbosa, quem deveria lá estar representando a nação brasileira, multicolorida, racial e culturalmente? Esse negro ilustre, corajoso, patriota e democrata consciente, certo de que sempre esteve dos direitos e deveres dos cidadãos para garantir a verdadeira democracia, é que deveria lá estar, o único à altura do caráter e da estatura moral do grande Mandela! Mas não foi... Ou será que nem cogitaram, aqueles que foram, em convidá-lo também?!

Aposto que, se houvesse feito um plebiscito para que o povo escolhesse quem deveria representá-lo no enterro de Nelson Mandela - que será sepultado na pequena aldeia de Qunu, onde viveu parte de sua juventude e onde ele mesmo escolheu para ser enterrado -, escolheria esse negro nascido em Paracatu, cidade da mesorregião Noroeste de nossas Minas Gerais! Será que temem que Joaquim Barbosa venha a ser o candidato do povo ainda para 2014? Tudo isso nos faz lembrar das duas tentativas de outro negro ilustre, o tribuno e jurista Rui Barbosa, que, em 1909 e 1929, foi derrotado por Hermes da Fonseca e Epitácio Pessoa respectivamente!

E agora, pelos últimos acontecimentos no STF, parece que não demorará que mais alguns "amigos" de Zé Dirceu - ao seu lado! - estarão trancafiados, e a mídia mostrando! E lhes garanto que, se isso acontecer, como nos "States", os brancos e "blacks" verde-amarelos exultarão de eleger um presidente negro, pois, como disse acima, etnia, religião e ideologia nada têm a ver com a pura e perfeita democracia!

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você tem percebido impacto positivo das operações policiais nas ruas da cidade?