Publicidade

12 de Abril de 2014 - 06:00

Recado de ex-presidente e constatação diária nas compras indicam que a economia não vai bem

Por Tribuna

Compartilhar
 

Na conversa de quase três horas com blogueiros, que rendeu pauta para os demais meios de comunicação pelo resto da semana, o ex-presidente Lula advertiu a área econômica para os riscos de perda de controle, sinalizando que é preciso tomar medidas para voltar à estabilidade. Para alguns, foi um conselho de quem se sente responsável pela atual gestão; para os mais maldosos, foi um pré-programa de governo de quem articula a volta. O pano de fundo, porém, é a constatação de que medidas precisam ser tomadas sob o risco de os resultados de hoje comprometerem a eleição de amanhã.

Enquanto a oposição patina na casa dos 16% - o que não indica que vá ficar neles -, o cenário a ser traçado pelo Governo é preocupante. O principal adversário da presidente Dilma, hoje, não é o senador mineiro Aécio Neves ou, muito menos, o pernambucano Eduardo Campos. É a inflação, que já começa a incomodar o consumidor na sua ida às compras de mês. Os preços não são os mesmos, e o poder de compra do salário começa a cair.

Quando em campanha para a Presidência dos Estados Unidos, o economista Bill Clinton ouviu um recado claro de seu principal marqueteiro, James Carville: "é a economia, estúpido", que até virou livro. Era uma alusão clara ao fato de ser essa questão a principal fonte de preocupação do eleitor e da própria democracia. Quando vai bem, todos vão melhor ainda. O que Lula disse é o que o cidadão, ao fim do mês, também diz: está na hora de retomar as rédeas da economia, sob o risco do troco nas urnas, com a opção pelo candidato que fizer a melhor oferta de mudanças.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que alertas em cardápios e panfletos de festas sobre os riscos de dirigir sob efeito de álcool contribuem para reduzir o consumo de bebidas por motoristas?