Publicidade

19 de Dezembro de 2013 - 07:00

Ouvir a população é fundamental para elaboração de projetos de interesse coletivo

Por Tribuna

Compartilhar
 

Uma semana antes de a Câmara Municipal discutir e votar a lei do adensamento - já aprovada -, a Tribuna promoveu um debate para discutir o tema. Entre as diversas questões, os participantes de vários segmentos da cidade concluíram que era preciso elaborar um novo Plano Diretor. Além disso, lembraram a importância de se criarem novas centralidades, pois o município, com sua característica de ter no Centro um shopping a céu aberto, desenvolveu nessa região a maioria de suas ações.

O lado positivo é a concentração de eventos, que permite ao cidadão buscar num mesmo espaço o que lhe interessa. Por outro lado, com o crescimento urbano e, sobretudo, da frota de veículos, criou-se um problema, já que repercute na mobilidade. O antigo hábito de "ir à cidade" tornou-se pernicioso, já que o uso recorrente do automóvel aumentou a demanda em avenidas estratégicas, como Rio Branco, Getúlio Vargas e Itamar Franco. A opção pelo ônibus ainda não é adequada.

Na última segunda-feira, no auditório do Banco do Brasil, ocorreu a primeira etapa de discussão do Plano Diretor, mas a população será consultada a partir de fevereiro. Afinal, é a parte mais interessada. E é fundamental.

Numa de suas primeiras visitas a Juiz de Fora, quando ainda era prefeito de Joinville (SC), o senador Luiz Henrique, a convite do então prefeito Tarcísio Delgado, veio falar de mutirão, experiência que tinha adotado em seu município. Na velha sede do MDB, no Centro, contou a história de um cidadão que acompanhava a visita dos técnicos a um determinado bairro sem se pronunciar. Ouviu traçarem propostas e apontar um projeto de captação de águas. Quando consultado, foi enfático: "Doutor, o projeto é bom, mas a água da chuva desce do outro lado". O emblemático do exemplo é a importância de se ouvir a população, pois, mesmo sem o conhecimento técnico, que não deve ser desprezado, é quem sabe onde lhe dói o calo.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com a multa para o consumidor que desperdiçar água, conforme anunciou o Governo de São Paulo?