Publicidade

15 de Fevereiro de 2014 - 07:00

Operação que tirou de circulação suspeitos de atos ilícitos chamou a atenção da comunidade

Por Tribuna

Compartilhar
 

Duas situações distintas de resultados significativos. Ao mesmo tempo em que policiais civis e militares faziam uma operação conjunta para tirar de circulação suspeitos de envolvimento com homicídios, tentativas e tráfico de drogas, a banda da PM e outros policiais faziam uma operação presença no Bairro Olavo Costa, mobilizando a comunidade, especialmente crianças, para uma ação social. Em ambos os casos, a percepção de polícia nas ruas soou bem aos ouvidos do juiz-forano, pois, além da própria insegurança, a sensação de estar desguarnecido era um dado no inconsciente coletivo.

Em dois dias, cerca de dez pessoas com mandado de prisão foram tiradas das ruas, enquanto outras, que assinaram termos circunstanciais, foram avisadas que estão em observação, podendo, a qualquer ato ilícito, ser presas. A operação "Impacto" - nome dado à mobilização policial - deve ter outras edições, a fim de apontar para a sociedade e para os bandidos que a cidade não é um território aberto, onde o toma lá dá cá tornou-se uma constante.

Para isso, porém, é preciso colocar em prática o pedido de lideranças políticas, empresariais e comunitárias encaminhado ao governador Antonio Anastasia. O atual efetivo, tanto da Polícia Civil quanto da Polícia Militar, precisa de reforço, a fim de facilitar as operações. Hoje, parte do efetivo atua em trabalho burocrático - e que tem que ser feito - em detrimento da visibilidade que só se consegue nas ruas, como ora acontece. Mais ainda, é preciso mais gente na tropa.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você é a favor de fechamento de pista em trecho da Avenida Rio Branco para ciclovia nos fins de semana?