Publicidade

12 de Dezembro de 2013 - 07:00

Compartilhar
 

TAXA DE ILUMINAÇÃO

A dilatação do prazo dado pela Aneel para que as prefeituras assumam a responsabilidade sobre a manutenção dos ativos da iluminação pública municipal foi bem recebida pela Prefeitura. A transferência deve acontecer até 31 de dezembro de 2014, e não mais em 31 de janeiro, como estava previsto. O secretário da Fazenda, Fúlvio Albertoni, entende que a nova data dá um tempo maior para que o Executivo juiz-forano se adapte à incumbência. A Administração não tem intenção de se opor à emenda parlamentar proposta pelo vereador Noraldino Júnior (PSC), que condiciona a aplicação do reajuste da taxa de iluminação, proposição do Executivo aprovada pela Câmara no mês passado, ao início das atividades. A única possibilidade de um veto ao dispositivo só aconteceria caso a peça apresentasse algum vício constitucional. A matéria está sendo analisada pela Procuradoria-Geral do Município.


Embaraço

Durante sessão extraordinária de ontem, na Câmara Municipal, causou embaraço entre os vereadores a leitura de um projeto de lei do vereador Vagner de Oliveira (PR), que, segundo constava na ordem do dia, pretende incluir no calendário de eventos do município o "Dia do leilão presidencial das fazendas reunidas". Não compreendendo o que seria um "leilão presidencial", os vereadores questionaram o proponente, que logo percebeu o erro no texto apresentado pela secretaria da Casa e o corrigiu, afirmando se tratar de um leilão "presencial".


Ao vivo

A Rede Minas transmitirá ao vivo, na próxima sexta-feira, direto de Juiz de Fora, o programa "Brasil das Gerais". A edição será gravada na Galeria Arlindo Daibert, no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas. Economia e cultura serão alguns dos temas discutidos por jornalistas, artistas, professores e pesquisadores da cidade. A proposta da emissora é buscar interação com as cidades do interior, mostrando suas diversidades e riqueza para o estado.


Traffic calmings

A Câmara realiza hoje audiência pública para discutir a manutenção dos traffic calmings na região central da cidade, instalados pela Prefeitura de Juiz de Fora durante a gestão Custódio Mattos (PSDB), entre 2009 e 2012. A audiência foi reivindicada pelo vereador Rodrigo Mattos (PSDB), que teria realizado levantamento constatando ter havido redução do número de atropelamentos em Juiz de Fora, após a adoção das travessias especiais, e subsequente aumento, após a retirada destas durante a atual gestão Bruno Siqueira (PMDB). O encontro deve contar com a presença de especialistas em trânsito e representantes da Settra.


Posse

A deputada federal juiz-forana Margarida Salomão tomou posse ontem no novo diretório nacional do PT. Outra representante local da cidade na cúpula da legenda será a chefe de gabinete do vereador Wanderson Castelar, Anete Negreiros de Andrade. Juiz de Fora também voltará a ter representação na Executiva estadual da sigla. Fabíola Paulino, ex-dirigente do DCE-UFJF, irá integrar o comando estadual petista. A posse foi feita em conjunto com a dos presidentes estaduais e nacional da legenda, eleitos no processo de eleições diretas ocorrido no mês passado.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você concorda com o TJ, que definiu que táxi não pode ser repassado como herança?