Publicidade

17 de Dezembro de 2013 - 07:00

Compartilhar
 

VOO PRÓPRIO

O PMDB deu um passo largo para consolidar o anseio de ter candidatura própria na disputa pela sucessão ao Governo de Minas. Reunidos em um hotel em Belo Horizonte para encontro estadual no último domingo, centenas de militantes defenderam a tese de que o partido deve ser cabeça de chapa nas eleições do ano que vem. Assim, os nomes do senador Clésio Andrade e do empresário Josué Alencar, filho do ex-vice-presidente da República José Alencar, ganharam força como possíveis candidatáveis. Entre as lideranças que representaram a cidade, estiveram presentes o coordenador da regional do PMDB na Zona da Mata, Orlandsmidt Riani, e o prefeito Bruno Siqueira. Aliás, a eleição do chefe do Executivo juiz-forano no ano passado foi utilizada como exemplo de que é possível superar nas urnas candidatos apoiados pelo Governo estadual, do PSDB, e pelo Governo federal, do PT.


Economia

O prefeito Bruno Siqueira (PMDB) recebe hoje das mãos do presidente da Câmara, Julio Gasparette (PMDB), a devolução de parte dos recursos destinados ao Legislativo para o exercício 2012. Por legislação, o Parlamento têm direito a 4,5% das receitas tributárias e transferências do município. Os valores que irão retornar aos cofres do Município ainda não foram confirmados pela Mesa Diretora. A restituição acontece em evento agendado para a manhã de hoje, no Palácio Barbosa Lima.


Medalha

A UFJF entrega amanhã a Medalha Juscelino Kubitschek de Oliveira a 26 personalidades que contribuíram para o fortalecimento da instituição e a formação de profissionais nas mais diferentes áreas. Os nomes foram escolhidos por 19 unidades da universidade, que ainda indicou outras sete pessoas para a homenagem, concedida desde 2003. A premiação será feita à noite, no Museu de Arte Murilo Mendes, pelo reitor Henrique Duque.


Atrasou

O fechamento do Aeroporto da Serrinha para pousos e decolagens atrasou ontem a chegada do secretário de Estado de Defesa Social, Rômulo Ferraz, a Juiz de Fora. O secretário deveria chegar pouco antes das 9h30 para uma reunião em que discutiria soluções para a segurança no município, principalmente o envolvimento de jovens com a criminalidade. Com o mau tempo, o avião ficou 45 minutos sobrevoando a cidade até aterrissar no Aeroporto Presidente Itamar Franco, de onde o secretário foi trazido no helicóptero da Polícia Militar. Com o atraso, o encontro foi adiado.


Mais policiais

Durante a visita do secretário Rômulo Ferraz, o presidente da Câmara, Julio Gasparette (PMDB), voltou a pedir ao Governo do estado aumento nos efetivos das polícias Militar e Civil em Juiz de Fora. Gasparette lembrou que ambos estão defasados em função de sucessivas aposentadorias no setor. O apelo foi feito durante encontro na 4ª Região Integrada de Segurança Pública (4ª Risp). Durante o evento, as palavras do presidente tiveram reforço do prefeito Bruno Siqueira (PMDB), que fez a mesma reivindicação.

Publicidade

Publicidade

Mais comentários

Ainda não é assinante?

Compartilhe

Publicidade

Encontre um tema na

Pesquisa

Edição impressa

Enquete

Você acha que o Rio vai conseguir controlar a violência até a Copa do Mundo?